É muito comum as crianças ocuparem o tempo jogando videogame ou assistindo a vídeos na internet após chegarem da escola. Contudo, é importante destacar que passatempos dessa natureza podem se tornar viciantes e gerar prejuízos. Por isso, a intervenção dos pais na vida dos filhos é indispensável, especialmente em relação às atividades extraclasse.

Os alunos precisam continuar se desenvolvendo e expandindo o seu conhecimento mesmo após o período das aulas, mas existem atividades que precisam ser propostas e colocadas em prática de forma a atrair sua atenção. Desse modo, eles se sentem mais interessados e passam a aprender espontaneamente.

Por fim, veja quais são os benefícios atrelados a algumas atividades praticadas após a aula, como a natação, que desenvolve a parte motora, e a yoga, que oferece um estímulo à concentração e à percepção dos sentidos.

Quer conhecer um pouco mais sobre a importância da atividade extraclasse para o desenvolvimento dos jovens? Então, continue a leitura e veja quais exercícios podem ser incluídos na rotina das crianças e adolescentes.

O que é a atividade extraclasse?

As atividades extraclasse são todos os aprendizados praticados após o período de aula dos estudantes. Podem ser de cunho educativo, cultural ou esportivo e têm como principal missão completar os conteúdos que são vistos durante os estudos.

Em resumo, os exercícios extraclasse devem proporcionar um conhecimento prático das mais variadas questões, para que as crianças e os adolescentes aprendam dentro e fora da sala de aula.

A própria escola pode oferecer uma programação de atividades desse tipo para seus alunos, de acordo com a idade e a fase de desenvolvimento de cada turma. Tais ocupações podem ser realizadas dentro da instituição de ensino, especialmente pelos alunos que estudam em período integral, por exemplo.

Por outro lado, os pais podem matricular a criança em um curso extra, para que desenvolva outras habilidades além do que absorve com os estudos teóricos. Porém, vale destacar que atividade extraclasse não é uma lição de casa ou trabalho escolar, mas outras tarefas que ajudam no crescimento integral dos estudantes.

Afinal, que tipo de atividades podem ser interessantes?

Escolher corretamente qual atividade mais se adéqua às necessidades do seu filho é fundamental para ampliar ainda mais seu desenvolvimento. Esse incentivo é interessante porque fornece uma qualificação diferente à vida acadêmica das crianças. Por isso, é importante avaliar criteriosamente as vantagens de cada atividade.

Embora a qualificação por meio de atividades extraclasse não seja obrigatória, é bastante útil, pois pode agregar novos valores pessoais. Veja, a seguir, algumas ocupações relevantes para o desenvolvimento do seu filho!

Artes

As aulas de artes em geral, como dança, teatro ou música, exercitam o lado criativo das crianças e adolescentes. Realizadas dentro ou fora da escola, elas permitem que seu filho se desenvolva como cidadão, gerando mais responsabilidade, dedicação e senso crítico.

Por isso, vale a pena escolher algum curso de que o jovem realmente goste, pois, assim, a transformação é ainda mais positiva.

Esportes

Proposto pela escola ou de escolha dos pais, qualquer esporte contribui para a saúde e o espírito de equipe das crianças. Assim, na hora de optar por uma modalidade, não deixe de considerar as práticas que promovem uma vida mais regrada e desenvolvem o respeito e a resiliência dos esportistas.

Vale destacar que essas atividades práticas contribuem para a coordenação motora, equilíbrio, capacidade física e velocidade de raciocínio. 

Idiomas

O conhecimento de um novo idioma é importante na vida de qualquer pessoa. Quando aprendemos uma língua nova, conhecemos outros povos, ou seja, pessoas que levam uma vida totalmente diferente, seja pelo clima, costume, religião e muito mais.

Além disso, estudar um segundo ou terceiro idioma pode abrir muitas portas no futuro profissional dos estudantes.

Jogos de raciocínio

Você também pode querer que seu filho pratique algum tipo de exercício capaz de desenvolver o raciocínio lógico e a capacidade de decisão. Sendo assim, há outras opções de atividades extraclasses, como clube de xadrez, oficina de escrita criativa ou aula de robótica.

Então, como elas ajudam no desenvolvimento?

As habilidades socioeducativas desenvolvidas durante esse processo têm um papel muito importante. Entre eles, o respeito, tanto pelas opiniões distintas quanto pelo espaço do próximo, e a criatividade, fundamental para criar cidadãos mais empenhados e preparados para resolver os dilemas do dia a dia.

Por isso, as atividades extraclasse devem atuar como uma complementação do que é estudado na grade curricular convencional.

Como dissemos, essas atividades permitem que as crianças tenham uma visão mais prática e distinta de todo o conteúdo estudado em sala de aula. Os exercícios são capazes de estimular a curiosidade e aprendizado dos alunos, geralmente, no campo de mais de uma disciplina ao mesmo tempo.

Além disso, os exercícios feitos fora da sala de aula são importantes para que as crianças e jovens percam a timidez e se tornem mais autoconfiantes. Ainda, independentemente de serem culturais, educacionais ou esportivas, essas atividades colaboram para o desenvolvimento do senso crítico e da discussão de novas ideias, o que aumenta a capacidade de trabalhar em equipe.

Como escolher uma atividade extraclasse?

As atividades devem ser realizadas de forma que a criança não fique sobrecarregada. Afinal, de nada adianta seu filho praticar diversos esportes e estudar dois idiomas durante a tarde inteira se, na manhã seguinte, estiver cansado demais para prestar atenção ao conteúdo das aulas.

Pensando nisso, antes de fazer a matrícula em novas atividades extraclasse, leve em conta as preferências e aptidões dos pequenos e lembre-se de que todos precisam de algum tempo de descanso, livre de preocupações ou obrigações a cumprir. Portanto, a criação de uma tabela equilibrada de atividades permite que seu filho se desenvolva e se torne um adulto mais completo.

Não se esqueça de que as aulas convencionais e as atividades extraclasse devem ser complementares. Um aprendizado deve contribuir com o outro, pois somente assim o estudante é capaz de assimilar todo o conhecimento com que tem contato.

Quais são os benefícios das atividades extraclasse?

Até o momento, você já entendeu como exercícios fora da aula podem contribuir com a formação do seu filho. Mas quais são, de fato, os benefícios das atividades extraclasse? Para responder à dúvida, listamos lado a lado alguns dos principais esportes e práticas feitos por crianças e adolescentes no tempo livre e os seus efeitos positivos para o corpo e a mente.

Natação e desenvolvimento motor

A lista começa pelas qualidades de uma importante atividade extraclasse: a natação, que fortalece os músculos e as articulações dos praticantes, combate doenças, desenvolve a capacidade respiratória e cardiovascular, melhora a coordenação neural e motora e ainda ajuda a ter um sono mais leve à noite.

Judô e formação humana

O judô é uma arte desenvolvida no século XIX no Japão, mas que conquistou todo o planeta por causa das inúmeras vantagens que gera. Para os jovens, a atividade desenvolve a força, melhora a coordenação do corpo, potencializa o autoconhecimento e o autocontrole e ajuda no processo de formação humana ao ensinar que o respeito ao outro é essencial, dentro e fora do tablado.

Teatro e capacidade de expressão

O teatro faz parte do currículo escolar em muitos centros educacionais, e não é à toa que a atividade se destaca: as aulas aumentam a interação com o grupo, elevam a autoestima dos alunos, ampliam o interesse por obras literárias, melhoram o senso de responsabilidade e favorecem a comunicação interpessoal e o autoconhecimento do ator mirim.

Yoga e estímulo à concentração

A yoga surgiu há mais de cinco milênios na Índia, desenvolvida por Shiva (chamado de rei dos bailarinos). Filosofia ancestral, o nome vem do sânscrito e significa “união”. Na escola, a atividade integra o corpo, a mente e as emoções, ensinando a ter concentração e foco.

Os benefícios da técnica são conhecidos não apenas no Oriente, mas também por aqui: quem pratica yoga vive um estado de relaxamento, lucidez, percepção dos sentidos e calma psíquica. Os praticantes também ganham força física e flexibilidade no corpo ao realizar as posturas.

Música e processo de alfabetização

A disciplina de Artes é bastante importante para a formação dos jovens e deve incluir o conhecimento musical. Mas sabe por que a música é tão importante para os estudantes?

Na realidade, a musicalização melhora a percepção do corpo e a coordenação motora e desenvolve a cognição, ao auxiliar no processo de memorização e concentração. As habilidades contribuem, ainda, para ampliar o repertório cultural de crianças e adolescentes e desenvolver o vocabulário e a fala durante a alfabetização.

Neste conteúdo, você compreendeu que a atividade extraclasse é praticada após a aula e pode ter cunho autoeducativo (como praticar yoga), cultural (o teatro e a música, por exemplo) ou esportivo (natação, judô e outras atividades físicas). Fora isso, viu como arte, idiomas e jogos de raciocínio transformam o tempo livre e ajudam na formação dos pequenos.

O que você achou do nosso texto sobre atividade extraclasse? Para ficar por dentro desse e de outros assuntos sobre a vida escolar dos jovens, acesse o blog e entenda melhor como o esporte afeta o desenvolvimento do seu filho na escola!