acordar cedo

12 dicas para habituar seu filho a acordar cedo na volta às aulas

Após o período de férias em família, a criança pode apresentar dificuldade de se acostumar novamente ao semestre letivo. Entre os percalços enfrentados, acordar cedo é um dos mais difíceis para a garotada.

Pensando nisso, preparamos um post para explicar por que manter esse hábito é complicado e como é possível regular o sono dos pequenos com atitudes simples. Você descobrirá que estabelecer horários bem definidos, diminuir estímulos tecnológicos e preparar um café da manhã delicioso, por exemplo, podem ajudar criança a lidar muito melhor com a nova rotina de estudos.

Vamos lá?

Por que é desafiador para seu filho acordar cedo no início das aulas?

Durante as férias, é comum que a criança durma mais tarde do que o habitual, já que tem mais tempo de lazer em casa. No entanto, a mudança de rotina se torna problemática, ainda mais na primeira semana de aulas, quando o pequeno deve se acostumar novamente aos horários praticados pela escola.

É uma situação desafiante, é verdade, especialmente quando algumas crianças começam a relutar em acordar cedo. Mas a boa notícia é que existem algumas atitudes que podem contornar o problema. Continue acompanhando para saber mais!

Quais são as 12 dicas que ajudam a controlar o sono?

1. Criar uma rotina

A lista não poderia começar de outra forma. Saiba que é essencial criar uma rotina para ajudar a criança a acordar cedo e controlar o regime de sono no período de volta às aulas. E, claro, é indispensável estabelecer um horário para o pequeno se deitar e uma hora para ele se levantar, viu?

Com uma rotina bem estabelecida, o pequeno entenderá que é preciso cumprir demandas e ser responsável com seus horários. Isso ajudará não só a criança a acordar cedo, mas também a desenvolver autonomia, disciplina e comprometimento.

Além dos horários para dormir e se levantar, é recomendável definir períodos para os estudos, momentos de lazer e outras atividades extracurriculares do pequeno. Pense também nos horários para as tarefas de casa. Você pode determinar momentos para que ele arrume o quarto ou separe as roupas sujas para lavar, por exemplo.

2. Conversar antes de dormir

Para conhecer melhor o seu filho e entender algumas questões propícias de cada idade, converse com ele antes de dormir. A ação favorece o relaxamento antes do descanso, restringindo o pensamento acelerado, os estímulos visuais e sonoros e deixando o ambiente mais tranquilo para a hora do repouso.

Por outro lado, os pais podem usar o tempo de conversa antes do merecido sono para acertar alguns pontos da rotina, explicando para o filho por que é importante ter uma noite restauradora e cumprir obrigações escolares pontualmente.

Outra dica bacana é falar sobre o dia seguinte, preparando a criança para os acontecimentos futuros com uma conversa tranquila e agradável. Essa estratégia é eficaz quando o pequeno está ansioso ou com receio por conta de alguma prova ou atividade que deve cumprir.

3. Ler um livro

Assim como conversar sobre assuntos corriqueiros, ler também é um exercício que traz relaxamento e prepara para o sono. Muitas vezes, a criança chega ao quarto ainda agitada, momento em que os pais podem contar uma historinha.

Além de incentivar a leitura e a importância do repertório cultural para o desenvolvimento humano, o pequeno se concentra no tema, reduz o estresse do dia e consegue dormir com tranquilidade enquanto os pais narram os fatos.

4. Tornar o ambiente confortável

O momento de dormir não combina com um ambiente desconfortável, o que implica proporcionar calmaria para a criança regular o sono durante a semana de aulas. Nesse sentido, ter pouca iluminação no quarto, diminuir os ruídos externos e contar com uma temperatura amena ajuda a pegar no sono rapidamente.

5. Diminuir estímulos tecnológicos

A tecnologia pode tanto ajudar quanto atrapalhar as pessoas e, no caso das crianças, essa questão é ainda mais complexa. Afinal de contas, muitos pais enfrentam problemas em casa com filhos viciados em aparelhos eletrônicos.

Pensando nisso, regule o acesso a celulares, televisão, computadores e tablets quando o seu filho estiver prestes a dormir. Ficar exposto aos estímulos visuais e sonoros desses aparelhos não é uma boa pedida se a ideia é acordar cedo. Lembre-se de que a tecnologia pode retardar ainda mais o sono e complicar a rotina de descanso.

6. Acordar o filho de forma carinhosa

Após uma noite tranquila, nada melhor do que acordar de forma carinhosa, não acha? Então, tenha cuidado ao chamar o seu filho pela manhã e priorize um tratamento atencioso. Isso ajuda a criança a se acostumar a ver a hora de despertar como algo não apenas natural, mas também animador.

7. Resistir aos apelos da criança para dormir mais um pouco

Vez ou outra, o seu filho pode não querer acordar cedo mesmo sabendo que tem uma série de compromissos para cumprir. Ele vai relutar e pode até fazer birra, mas é preciso resistir aos apelos da criança e ser firme. Não é recomendado, no entanto, fazer ameaças ou mencionar que deixará ele de castigo. Vá com calma e de forma carinhosa, como falamos acima.

Uma dica para evitar esse tipo de situação pela manhã é acordar a criança um tempo antes do horário de saída para a escola. Pode ser uma hora ou meia hora, não importa. É importante observar o tempo ideal do seu filho. Essa atitude o ajudará a se preparar sem correria. Então, vá até o quarto dele com calma, sempre de mansinho, evitando acender a luz abruptamente ou falando muito alto.

8. Preparar café da manhã especial

O café da manhã é uma das principais refeições do dia e pode ser uma estratégia para regular a rotina do seu filho na semana letiva e ajudá-lo a acordar cedo. Prepare um desjejum especial, servindo à mesa receitas saudáveis e bebidas que satisfaçam o paladar do dele. Opte, ainda, por alimentos que fornecem bastante energia no dia a dia.

Você pode também envolver a criança na preparação do café da manhã. Ela pode escolher as comidas antecipadamente. Essa é uma desculpa para fazê-la acordar cedo, não acha?

9. Despedir-se tranquilamente

Após o café da manhã, chega a hora de se preparar para a saída de casa. Para que a experiência da criança na primeira semana de aulas seja positiva, é importante que os pais se comuniquem com ela naturalmente, explicando-lhe que retornarão em breve, ao final das atividades escolares.

Da mesma forma, adultos devem manter o compromisso de ir buscar o aluno na escola pontualmente ao final do período letivo. Construir um diálogo ao se despedir e ao receber a criança de volta a ajuda, também, a visualizar a rotina com segurança e tranquilidade.

10. Manter a rotina de acordar cedo aos finais de semana

Outra dica importante é manter a rotina de acordar cedo mesmo aos finais de semana. Nesses dias, você pode dar uma folga ao pequeno e chamá-lo 30 minutos após o horário habitual, mas não mais que isso.

Saiba que manter uma rotina mesmo aos sábados e domingos é uma forma efetiva para controlar o sono das crianças durante o ano letivo. Com isso, você verá que existirão menos reclamações e relutâncias em acordar cedo todas as segundas-feiras. 

11. Acordar antes da criança

É essencial dar o exemplo para o pequeno e acordar cedo também, viu? É preciso seguir uma rotina e honrar compromissos para que, assim, o seu filho também faça o mesmo. Lembre-se de que crianças aprendem observando adultos e tendem a copiar atitudes e comportamentos. 

Por isso, além de estar de pé antes do seu filho, é recomendado evitar reclamar, afinal, se você faz isso perto do pequeno, acredite, ele fará o mesmo quando você menos esperar. Assim, mantenha o bom humor pela manhã, mesmo que você esteja correndo contra o tempo ou tenha tido uma noite de sono ruim. 

12. Fazer brincadeiras pela manhã

Além de acordar o pequeno com calma e de maneira carinhosa, vale a pena apostar em algumas brincadeiras para ajudá-lo a se levantar com mais disposição. Você pode colocar uma música para ele ouvir enquanto escova os dentes e toma banho, por exemplo. Pode, ainda, levá-lo de “carona” em suas costas até o banheiro ou para tomar o café da manhã. Aqui, a ideia é tornar o momento mais leve e descontraído. Assim, acordar cedo se torna algo prazeroso naturalmente. 

Neste conteúdo, você percebeu como pode ser desafiador para a criança voltar à rotina na primeira semana de aulas. Mas dicas como ler livros, conversar sobre o dia, diminuir estímulos tecnológicos, manter um ambiente confortável, preparar o café da manhã e despedir-se calmamente ajudam a controlar a mente e a regular o sono dos pequenos.

Em todo caso, é preciso que os pais tenham paciência com o processo de mudança na rotina do filho. Apesar de as dicas ajudarem nessa tarefa, ele pode resistir por alguns dias a manter os compromissos escolares, mas os adultos devem ser firmes e agir com postura serena diante de imprevistos, especialmente quando o assunto é acordar cedo.

Gostou dessas dicas para fazer o seu filho acordar cedo após as férias? Então, compartilhe o post com os seus amigos nas redes sociais e ajude outras famílias a controlar o sono das crianças na volta às aulas!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.