É comum que os filhos gostem de brincar desenhando, cantando, dançando e até interpretando personagens, pois as crianças começam a descobrir o mundo e a perceber diversas emoções logo cedo. O que muitos não sabem é que a arte na educação tem um papel crucial para a formação da garotada. Sabe por quê?

Para responder à pergunta, entenda, neste texto, como a disciplina de Artes consegue expandir as habilidades dos jovens desde a potencialização da criatividade até o estímulo à escrita, passando pela melhoria da expressão verbal e a maior percepção dos sentidos na infância.

Descubra, por fim, no que consiste a matéria que desperta nos alunos o conhecimento sobre cinema, teatro, dança e artes visuais. Comece a leitura agora mesmo e tire todas as dúvidas sobre esse assunto apaixonante!

Em que consiste a disciplina de Artes na escola?

No Brasil, o ensino sobre artes passou a ser reconhecido nos anos 1970, quando a matéria de Educação Artística era lecionada em todas as regiões. Mas, de lá para cá, a “cadeira”, que é responsável por desenvolver habilidades motoras e aguçar a criatividade dos estudantes, passou por mudanças e quase deixou de existir.

A Constituição de 1988 colocou o ensino artístico nas escolas em risco, porém, a atual Lei de Diretrizes e Bases, documento no qual o aprendizado formal brasileiro se baseia, considera a matéria obrigatória no currículo escolar.

Desde 2016, a disciplina inclui o ensino de linguagens cênicas, plásticas, dança e música. Dentro desse quadro, o professor leva à sala exemplos de arte gráfica, fotografia, cinema, entre outros tipos de manifestação artística, para desenvolver a expressão, a produção e o conhecimento sobre a história da arte na humanidade.

De toda forma, o ensino de Artes é bastante importante para os jovens, segundo especialistas, uma vez que une aspectos como o raciocínio e a inteligência à parte afetiva e subjetiva da produção artística. Além disso, a disciplina está ligada a outros benefícios, principalmente para as crianças.

Quais são os principais benefícios da arte na educação?

O ensino de Artes no país está marcado pela produção individual e pelo conhecimento de técnicas e escolas artísticas. No entanto, a dúvida que fica é por que a matéria é tão importante para os pequenos. A seguir, vamos apresentar 7 motivos para você incentivar os jovens nessa aventura criativa.

Desenvolvimento criativo

A arte amplia uma série de habilidades no indivíduo, trabalhando não apenas a percepção e os sentidos, mas também desenvolvendo a criatividade e o raciocínio lógico dos jovens. Independentemente do tipo de expressão, a criação artística exercita a mente das crianças e apresenta para elas novas possibilidades de ver o mundo.

Abertura à interdisciplinaridade

O nome “interdisciplinaridade” pode parecer estranho a princípio, mas designa a aprendizagem que extrapola uma disciplina e envolve várias áreas do saber.

Como a matéria de Artes inclui diferentes linguagens, é natural que esse conhecimento artístico sirva para ampliar a percepção visual e sonora, bem como desenvolva outros conteúdos, da biologia à história, passando pela matemática e o português. 

Estimulo à escrita

Falando em português, os jovens precisam desenvolver habilidade para segurar o lápis e desenhar formas e traços no papel antes mesmo de saberem escrever.

Muito se engana quem pensa que o ensino artístico se limita à parte lúdica (também muito importante para o aprendizado), pois a arte trabalha, conjuntamente, novas possibilidades, ampliando a capacidade motora das crianças com o estímulo inicial dos rabiscos, por exemplo.

Nesse sentido, a arte aparece como forte aliada ao processo de alfabetização e à disciplina de Língua Portuguesa, uma vez que oferece suporte para os pequenos não apenas perceberem os contornos das letras do alfabeto, mas também entenderem a formação da escrita no nosso idioma.

Trabalho em grupo

Há muitas orbas de arte que são produzidas coletivamente. Na sala de aula, não é diferente, visto que o professor de Artes estimula o trabalho em grupo e demanda responsabilidades de cada estudante. Para chegar a algum objetivo comum (uma peça teatral, uma exposição de quadros, um concurso de dança, entre outros), o aluno aprende a conviver e, mais importante, a respeitar os demais.

Respeito às diferenças

O desempenho artístico depende, também, da história das artes na humanidade. Com diferentes escolas plásticas, musicais, teatrais e de dança ao longo dos séculos, os estudantes percebem que a diversidade faz parte do legado humano, aprendizado que acompanhará o jovem em outras disciplinas e, no futuro, com os dilemas da vida adulta.

Melhora da expressão verbal e corporal

Seja no cinema, seja no teatro, seja na dança e na pintura, a arte está necessariamente ligada à expressão verbal e não verbal dos indivíduos. Com a ampliação do conhecimento artístico na escola, o seu filho passará a explorar esse mundo de sensações e percepções, sentindo-se mais à vontade para desenvolver as habilidades artísticas.

Aumento da percepção dos sentidos

O item anterior nos traz a este: ao se expressar, o ser humano mexe com vários sentidos, da visão ao olfato, do paladar ao tato e à audição. Essa experiência começa na infância, com um amplo período de descobertas sobre os sentimentos.

Para ajudar os pequenos nesse processo de aprendizagem, a arte amplia as formas de se expressar (seja cantando, seja desenhando ou dançando), abrindo portas para novas interpretações sobre os fenômenos do mundo a partir da emoção e da subjetividade.

Neste conteúdo, você aprendeu como o ensino artístico no colégio mudou ao longo das décadas e que inclui, hoje, o conhecimento sobre artes cênicas, plásticas, dança e música. Obrigatória no currículo escolar, a disciplina é imprescindível para o desenvolvimento criativo, a habilidade com a escrita, a maior percepção dos sentidos e a expressão verbal e corporal das crianças.

Não há dúvidas de que as pessoas precisam se expressar e esse é um dos principais papéis da arte na educação. Para focar no desenvolvimento humano e na expressão artística dos seus filhos, matricule-os em uma escola de referência em Belo Horizonte. Entre em contato com o Colégio Arnaldo (com as unidades Anchieta e Funcionários) e mude a vida de quem você tanto ama!