A reclusão social levou a escola a se reinventar.

Em um momento em que se discutia o tempo ideal para as crianças usarem as telas de smartphones, computadores e TVs, a educação passou a se valer desses recursos como facilitadores pedagógicos.

Isso poderia gerar a seguinte indagação: “Por que expor minha criança pequena, estudante da Educação Infantil, às aulas remotas?”

Ora, as aulas remotas, assim como as presenciais, proporcionam às crianças os eixos norteadores desse segmento, segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que regulamenta a Educação Básica: a interação e as brincadeiras.

Pensando nisso, a equipe da Educação Infantil do Colégio Arnaldo Anchieta estruturou um cronograma com vídeos que possibilitam o contato com   brincadeiras tais como as cantadas, as brincadas, as movimentadas e a interação on-line com o(a) professor(a), resguardando-se, obviamente, os devidos cuidados com a exposição da criança pequena às telas.

Na sala de aula do Google Classroom, a cada aula são encontradas canções, jogos, brincadeiras, atividades do livro didático, entre outros recursos que auxiliarão a criança a vivenciar o distanciamento social mais perto dos colegas e dos professores.

Conte com a equipe pedagógica do Colégio Arnaldo Anchieta!

Texto da Drielen, Orientadora Educacional da Educação Infantil e Ens. Fundamental, anos inicias, do Colégio Arnaldo.

Powered by Rock Convert