autoavaliação na escola

Autoavaliação na escola: saiba o que é e conheça os benefícios

Você sabe qual a importância da autoavaliação na escola? A ferramenta é uma oportunidade de reflexão sobre o processo de aprendizagem, tanto para a instituição de ensino quanto para os estudantes.

Também é por meio da autoavaliação que os professores entendem sobre seu próprio desempenho e como a prática pedagógica impacta a realidade educativa. Em geral, a medida é uma maneira interessante para tomar consciência e planejar intervenções que sejam benéficas para a comunidade escolar.

Quer entender mais sobre o assunto? Acompanhe a seguir e saiba para que serve e qual a relevância da autoavaliação na escola. Confira!

O que é e para que serve a autoavaliação?

A autoavaliação permite que os estudantes analisem seus pontos fortes, seus erros e dificuldades no processo de ensino. Ela é uma oportunidade de reflexão sobre o seu comportamento e sua dedicação nas aulas e atividades escolares. 

Em geral, os professores aplicam a autoavaliação ao final de cada bimestre, em que o aluno deve atribuir uma nota para si próprio e expressar sua opinião sobre o desenvolvimento dos seus estudos. O maior objetivo, portanto, é que o aluno tome consciência do seu desempenho.

Os educadores também podem aperfeiçoar as atividades e a sua atuação por meio da autoavaliação. Para isso, é fundamental que ela seja aplicada de maneira menos formal, para que o aluno se sinta confortável e à vontade para dialogar e registrar suas impressões de forma livre e espontânea. 

É preciso ter em mente que medir o nível de qualidade do aprendizado dos estudantes é uma ação que visa oferecer alternativas para uma evolução mais rápida e eficiente. As provas e exames, por exemplo, acabam sendo insuficientes para medir o sistema de ensino, tendo em vista que eles são mais voltados para perceber se os alunos aprenderam os conteúdos ensinados em sala de aula. 

Com a autoavaliação, o estudante tem a chance de aproveitar ao máximo o método e ter melhores retornos em seu desenvolvimento. Sendo essencial para a melhora da performance da escola, que ao longo do período letivo pode estimular práticas pedagógicas mais significativas e que atendam às principais necessidades dos alunos.

Qual o conteúdo de uma autoavaliação?

Para que a autoavaliação seja eficaz, é preciso que o educador elabore adequadamente o questionário para seus alunos. As questões podem ser feitas em uma ficha, em que o professor elabora perguntas específicas para avaliar determinados aspectos do comportamento ou atitude dos estudantes em relação ao processo de ensino, como:

  • Você presta atenção nas aulas e tira dúvidas sobre os conteúdos quando sente dificuldade?
  • As aulas e atividades em sala de aula são bem aproveitadas por você?
  • Quando você falta na aula, pergunta aos seus colegas ou professor sobre os conteúdos que perdeu?
  • Você busca no dicionário as palavras que não conhece?
  • Você revisa suas tarefas antes de entregá-las?
  • Você se preocupa em entender ou apenas decorar os conteúdos das disciplinas para fazer as provas?

O educador pode adaptar as questões e deixar um campo em branco ao final do questionário para o estudante refletir sobre a sua própria atuação em sala de aula. Além disso, também é interessante solicitar uma nota ao final do exercício para que o aluno reflita sobre suas ações.

A atividade pode ser utilizada como ferramenta para a melhora da aprendizagem como um todo na escola. O importante é que o estudante, independente de seu nível de ensino, identifique quais são seus pontos fracos, suas qualidades e como ele pode transformar a sua realidade educativa com o apoio da instituição de ensino e do professor. 

A autoavaliação pode ser aplicada ocasionalmente ou a cada bimestre. De qualquer maneira, o conteúdo deve ser leve e informal, para que o aluno não se sinta pressionado nesse momento. A avaliação pode ser feita de inúmeras formas, por meio da observação diária das atividades e tarefas, e ainda com a aplicação de provas e exames.

Quais são os benefícios da autoavaliação na escola?

A autoavaliação traz diversos benefícios para o desenvolvimento dos alunos e também para a atuação dos professores. Para os estudantes, o instrumento verifica como está o andamento do processo de aprendizagem e quais são os possíveis pontos de melhoria. 

Já para os docentes, a autoavaliação escolar pode impulsionar a aquisição de novos métodos para o sistema de ensino. Nesse caso, é possível planejar aulas mais estimulantes e atrativas para os alunos, focando em suas dificuldades e demandas apresentadas na autoavaliação.

Com isso, fica mais simples definir ações pedagógicas que sejam eficientes e que aumentem as chances de atingir os objetivos previstos no currículo de ensino. Uma boa avaliação envolve algumas etapas de diagnóstico e planejamento, ou seja, é preciso entender o nível atual de desempenho e decidir quais atividades são mais adequadas para atingir os resultados desejados

Além disso, existem alguns tipos de autoavaliação que podem ser aplicados em sala de aula para verificar o rendimento estudantil, como avaliação contínua, avaliação diagnóstica, avaliação somativa e avaliação formativa. Essa última identifica se as propostas do educador foram alcançadas no processo de ensino e aprendizagem com sucesso.

De qualquer maneira, quem mais ganha com a prática pedagógica é o estudante, que passa a ter capacidade para solucionar problemas. O docente também tem mais facilidade para detectar e adequar seu método nas aulas, tendo um feedback mais preciso e realista de sua atuação. 

A cada autoavaliação, o professor deve anotar o progresso de cada discente e observar se houve avanços ao longo do ano letivo. Isso é importante para ter um acompanhamento mais próximo e, também, para oferecer o suporte necessário, de acordo com as necessidades de cada estudante.

Agora que você já conhece a importância da autoavaliação na escola, tenha em mente que é fundamental entender se o colégio que pretende matricular o seu filho realiza a prática. Afinal, a medida é extremamente benéfica para o desenvolvimento do aluno e pode, até mesmo, auxiliar no aperfeiçoamento de seu processo de aprendizagem.

Gostou do conteúdo? Aproveite a visita e entenda como atuar positivamente na formação do caráter da criança!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.