bilinguismo infantil

Bilinguismo infantil: 3 razões para aprender outro idioma desde cedo

O bilinguismo infantil é a capacidade que muitas crianças desenvolvem ao se comunicarem em dois idiomas. Isso acontece quando a escola e família assumem o compromisso de incentivá-las a se sentir seguras para utilizar tanto a segunda língua quanto a língua materna em diferentes contextos.

É uma tendência presente em vários países, inclusive naqueles que não adotam duas línguas oficiais. Nos Estados Unidos, por exemplo, a adoção de dois idiomas nas escolas vem contribuindo para o aumento da diversidade racial nas escolas.

O bilinguismo na infância não significa ser fluente em dois idiomas ainda criança, mas obter o desenvolvimento de duas línguas com maior naturalidade. A fluência, nesse caso, é uma consequência que acaba surgindo com a idade.

Não existe uma idade certa para estudar uma segunda língua, mas já sabemos que, quanto mais cedo uma criança é exposta a duas línguas, melhor. A seguir, veja algumas razões para incentivar o bilinguismo desde cedo.

1. Melhores capacidades de comunicação

Os idiomas apresentam diferenças quando precisam denominar as mesmas coisas, e uma criança que aprende mais de um idioma desde cedo é preparada para utilizar maneiras distintas de interpretar o mundo a seu redor. Ela também reconhece que existem vários jeitos de compartilhar suas ideias e de se comunicar com as outras pessoas.

A pessoa bilíngue, portanto, é incentivada a comparar naturalmente as estruturas de diferentes idiomas e encontrar soluções para se expressar com mais eficácia, o que já em si um exercício de suas habilidades linguísticas.

2. Estímulo às habilidades de concentração e aprendizado

Aprender novas habilidades é sempre um exercício importante o cérebro e, no caso do aprendizado de novos idiomas, precisamos manter de um esforço constante das nossas atividades cerebrais para compreender novos significados. Desse esforço, ganhamos cada vez mais facilidade para se concentrar e aprender de diferentes maneiras.

Agora pense na vantagem que é para a criança se expor a esse exercício. Até mais ou menos os quatro anos de idade, as influências exteriores são mais impactantes na aquisição da linguagem. Em outras palavras, aprendemos com mais facilidade nos primeiros anos de vida.

Com a educação bilíngue, as atividades cerebrais da criança são mais estimuladas comparado ao ensino não bilíngue. No primeiro caso, as atividades cerebrais são impulsionadas por conta da concentração necessária para se comunicar em mais de um idioma.

3. Garantia de vantagem profissional no futuro

Crianças que são introduzidas desde cedo na prática de dois idiomas, quando chegam à fase adulta não passam por grandes dificuldades para se tornarem bilíngues. Esse é um dos grandes desafios da maioria dos brasileiros com o inglês, por exemplo, pois é o idioma dos negócios e atualmente é um critério para as melhores oportunidades de trabalho.

A tendência é que o inglês se torne cada vez mais importante para a carreira profissional dos jovens. Portanto, as escolas de imersão bilíngue, em que os educadores se comunicam com as crianças no segundo idioma, garantem uma grande vantagem para as futuras gerações que chegarão ao mercado de trabalho.

As famílias que se preocupam com o bilinguismo infantil devem procurar uma escola que estimule essa competência. Na rede educacional do Colégio Arnaldo, por exemplo, a metodologia International School garante que os alunos tenham aulas em inglês e português tanto no Ensino Fundamental I e II quanto no Ensino Médio.

Gostou do conteúdo? Se você ainda não conhece o Colégio Arnaldo, conheça a nossa missão, visão e nossos valores para a educação de jovens e crianças. Acesse agora o site do Colégio Arnaldo e entre em contato conosco.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.