Você sabe que existe um documento que norteia a formulação dos currículos escolares, a formação de professores e a redação de materiais didáticos em todo país? Neste post, entenda o que é, saiba como funciona e por que é importante a BNCC na educação infantil, estipulando eixos temáticos e direitos de aprendizagem na escola.

Confira a seguir, ainda, de que forma a Base Nacional Comum Curricular impacta o ensino das crianças matriculadas em uma instituição, desde o 0 até os 5 anos de idade, e veja como a escola se organiza para se adequar à proposta atualmente.

Comece a leitura agora mesmo e tire todas as dúvidas sobre o assunto!

O que é e como funciona a BNCC?

A BNCC é um documento normativo que tem como objetivo nortear a elaboração de projetos curriculares em instituição de educação básica no Brasil. A Base visa, ainda, à revisão de propostas pedagógicas pelos colégios e pretende impactar a formação de professores, avaliações de ensino e livros didáticos distribuídos no território nacional.

A normativa deve ser totalmente contemplada pelos currículos escolares, mas deixa uma parte de 40% dos conteúdos para serem explorados de maneira diversificada pela instituição, adequando-se ao contexto local em que se insere o colégio.

O texto curricular — dividido em direitos de aprendizagem e campos de experiência — para o planejamento e reformulação do ensino infantil foi homologado em 2017 e começa a ser implantando nas escolas nacionais em 2020.

Ao todo, a BNCC estabelece 10 competências gerais, as quais devem ser trabalhadas em sala e reafirmadas em materiais pedagógicos. De forma geral, espera-se que o documento se volte para estes pilares:

  • conhecimento;
  • pensamento científico e raciocínio crítico;
  • repertório cultural;
  • comunicação efetiva;
  • desenvolvimento de argumentação;
  • cultura digital;
  • autogerenciamento;
  • autoconhecimento e cuidado consigo mesmo;
  • empatia e cooperação com os ”outros”;
  • responsabilidade e autonomia diante de problemas.

No entanto, a questão que fica é por que as competências da BNCC são importantes para a educação do seu filho?

Qual a importância das diretrizes para a educação?

A principal importância das diretrizes da Base Nacional é promover a equidade de ensino em todo país e o acesso à formação integral dos estudantes brasileiros, desenvolvendo não apenas as habilidades cognitivas deles, mas também se integrando com o meio social, físico, cultural e emocional dos aprendizes.

Por outro lado, a Base consegue reunir habilidades indispensáveis para os seres humanos em um país continental, no qual os planos curriculares eram diversos antes da obrigatoriedade do documento, em 2019, para a elaboração de programas pedagógicos e a formação de professores do ensino básico.

De que forma a BNCC impacta o ensino infantil?

A Base propõe elementos sociais, culturais e cognitivos que devem perpassar todas as áreas do conhecimento, e não apenas uma disciplina curricular. Com essa perspectiva, a ideia é que o documento norteador sirva para articular saberes, e não isolá-los, devendo as competências serem voltadas para uma formação escolar completa e dinâmica.

A Base em vigor trabalha, inclusive, com a terminologia educação infantil, a qual substitui a antiga “educação pré-escolar” com o intuito de atender crianças com menos de 1 ano de vida. A educação para os pequenos passa a ser compromisso da nação com essas pessoas, e não mais uma proposta independente, como previa a antiga legislação.

Entre as exigências e adequações que as escolas precisam cumprir de acordo com a BNCC está o compromisso de colocar a criança no centro da aprendizagem, o que implica valorizar, reconhecer e propor ações didáticas que envolvam experiências e valores humanos.

Cabe ao professor, nesse sentido, pensar e promover os conteúdos programáticos incluindo possíveis contextos extraescolares das crianças. Ao preparar atividades, o mestre deve envolver os pequenos em situações para que aprendam conteúdos importantes sem esquecer as suas subjetividades.

Como as unidades escolares são acompanhadas frente à proposta?

Se você está se perguntando sobre a estruturação das unidades no ensino infantil, saiba que o documento nacional estabelece campos de experiências e direitos de aprendizagem e desenvolvimento focados em aprendizes de 0 até 5 anos de idade.

Com a nova normativa, a educação infantil passa a ser dividida etariamente (e não necessariamente por unidade, como no ensino fundamental e médio) por:

  • creche, para bebês de 0 a 1 ano e 6 meses;
  • creche, para crianças de 1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses;
  • pré-escola, destinada a crianças de 4 a 5 anos e 11 meses.

Ao longo desses primeiros anos de formação na creche e na pré-escola, espera-se que o indivíduo esteja preparado para a próxima etapa estabelecida pela BNCC, o ensino fundamental.

De maneira geral, porém, a Base Nacional Comum Curricular que rege projetos para o ensino infantil é focada em brincar e interagir, eixos estruturais por meio dos quais a criança consegue aprender na prática. Ao mesmo tempo, a proposta permite desenvolver, principalmente, a oralidade e a escrita nos primeiros anos de vida.

Além de brincar e conviver, a BNCC estabelece outros direitos da aprendizagem no ensino infantil, como participar das ações na escola e na comunidade; explorar saberes sobre as próprias emoções; expressar-se sobre dúvidas, sentimentos e opiniões; e construir a identidade pessoal, social e cultural.

Para o ensino fundamental, no entanto, a Base regula as áreas do conhecimento, as competências específicas de cada área e os componentes curriculares a serem exigidos pela escola, desde os primeiros anos de curso até a conclusão dessa etapa.

Cabe à escola, também, verificar com indicadores de mensuração como o Projeto Político e Pedagógico escolhido está dialogando com as competências e com os direitos regidos pela BNCC, para que a instituição consiga reverter pontos menos trabalhados e promover uma formação mais integralizada e responsável das crianças.

Neste artigo, você descobriu o que é e como a BNCC na educação infantil é importante para o desenvolvimento cognitivo, social e cultural do seu filho. O documento é válido em todo país e serve para nortear o currículo, a formação de professores e o planejamento de materiais didáticos, aplicando-se aos primeiros anos de aprendizagem formal da criança.

Agora que você sabe como a Base Nacional Comum Curricular impacta diretamente a aprendizagem do seu filho na educação infantil, não deixe de se informar sobre outros assuntos relevantes para a formação escolar dos pequenos. Assine já, gratuitamente, a newsletter do nosso blog!

Powered by Rock Convert