características da geração z

Saiba quais as principais características da geração Z

Você já ouviu falar nas gerações X, Y e Z? Essas classificações ajudam estudiosos de diversas áreas a entenderem melhor as características da população nascida em cada época. Essas características se relacionam bastante às tendências culturais e aos avanços tecnológicos vividos em cada momento, o que influencia o comportamento e os interesses das pessoas.

Na educação escolar, essa classificação apoia o entendimento sobre o perfil dos estudantes e como as metodologias de ensino devem se adequar a eles. Por isso, é importante que os educadores conheçam as características da geração Z, que inclui as crianças e adolescentes de hoje em dia. Confira!

O que é e quem faz parte da geração Z?

Existem algumas divergências em relação ao início e ao fim de cada geração. No entanto, em geral, a classificação é feita assim:

  • baby boomers (nascidos entre 1940 e 1960) — têm hoje entre 60 e 80 anos. Viveram a época do desenvolvimentismo e de importantes lutas por direitos políticos e civis, sendo considerada uma geração otimista, muito focada em estabilidade e com espírito coletivo;
  • geração X (nascidos entre 1961 e 1980) — têm hoje entre 40 e 59 anos. Vivenciaram a Guerra Fria e a Ditadura Militar, sendo uma geração mais individualista e cética em relação aos governantes;
  • geração Y ou millennials (nascidos entre 1981 e 1995) — têm hoje entre 25 e 39 anos. É a geração que viu a explosão da informática e cresceu no contexto de redemocratização brasileira, sendo mais flexíveis a mudanças e bastante conectados;
  • geração Z (nascidos a partir de 1996) — são os jovens até 24 anos. São os nativos digitais, uma geração imediatista, com forte senso crítico, bastante engajada com causas políticas, ambientais e sociais, além de estarem conectados a todo momento.

Quais são as principais características da geração Z?

Como você viu, a marca registrada da geração Z é a imersão no mundo digital. Para eles, não existe divisão entre o mundo offline e o online, pois estão conectadas o tempo todo, em qualquer lugar. É na internet que eles se relacionam socialmente, se expressam e se mobilizam em torno de causas diversas.

Isso porque a geração Z é uma das que mais tem consciência social, política e ambiental. Para as crianças e adolescentes de hoje em dia, as preocupações com a justiça social, a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico são muito relevantes.

Além disso, outra característica dessa geração é o forte imediatismo: com um mundo que vê tantas mudanças, a explosão de dados e o rápido compartilhamento de informações, os nativos digitais não têm tempo a perder. Assim, acompanham inovações e são muito práticos e ágeis, sobretudo motivados por uma forte insegurança em relação ao futuro da sociedade e do planeta.

Por fim, a geração Z tem uma identidade muito fluida. Isto é, não gosta de ter rótulos de qualquer tipo, o que também tem muito a ver com seu engajamento acerca de discussões sobre diversidade e inclusão.

Quais práticas pedagógicas são adequadas para a geração Z?

Pelo fato de terem uma relação íntima com o mundo digital, os jovens da geração Z consomem muito conteúdo e são mais autodidatas. Assim, estão ficando para trás os métodos mais tradicionais de ensino, em que o professor é visto como o único detentor do conhecimento.

É por isso que cada vez mais se fala em metodologias ativas e em protagonismo do aluno: na vida escolar da geração Z, o professor assume um papel de mediador, mas entende que os estudantes têm participação ativa na construção de conhecimento.

Também é importante prezar por um ensino mais personalizado, que compreenda e valorize as necessidades específicas de aprendizagem de cada aluno. Além disso, outro aspecto fundamental é a integração da tecnologia na educação: recursos interativos, games, plataformas digitais e outros recursos são muito bem-vindos na sala de aula.

Agora que você sabe quais são as principais características da geração Z, viu que os alunos de hoje são muito antenados no que acontece no mundo, 100% conectados e ágeis, não é? Entender o perfil da geração ajuda a desenvolver práticas de ensino-aprendizagem mais saudáveis e produtivas para todos.

E aí, gostou do conteúdo? Então, assine a nossa newsletter para acompanhar novas publicações do blog!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.