A cognição é essencial para que haja a aquisição de conhecimento, pois estabelece ligação entre a abstração e a informação, organizando o emaranhado de ideias. Pensando nisso, você já ouviu falar em desenvolvimento cognitivo? Neste post, entenda o que é e por que habilidades cerebrais são importantes para os seus filhos.

Além disso, veja a seguir como dançar, brincar ao ar livre, ler, usar a tecnologia conscientemente, ser exposto a cores e a jogos de memória ajuda a melhorar a cognição, respeitando os limites e as possibilidades de cada faixa etária. Por fim, descubra qual o papel da escola para impulsionar o raciocínio dos alunos.

O que está esperando? Comece a leitura agora mesmo e tire suas dúvidas sobre o assunto!

O que é desenvolvimento cognitivo?

Respondendo à questão, o desenvolvimento cognitivo envolve uma série de mecanismos mentais acionados pelo sujeito no momento em que aprende sobre os fenômenos do mundo. Em consequência, esse conjunto de capacidades cerebrais impulsiona o raciocínio, a abstração, a imaginação e a linguagem, por exemplo.

O papel da cognição, parafraseando, é mapear a informação captada pelos cinco sentidos (olfato, paladar, visão, audição e tato), observando-a, armazenando-a e, principalmente, aprendendo com essa vivência.

Ao mesmo tempo, as habilidades cognitivas estão relacionadas à forma como cada pessoa interage com o grupo e o espaço em que habita, em um processo que envolve a troca de saberes e o exercício de uma subjetividade.

Portanto, para haver acúmulo de conhecimento, é necessário que o indivíduo desenvolva as funções mentais integralmente, sendo estimulado a raciocinar e a se comunicar com os “outros” na faixa etária adequada.

Por que o desenvolvimento cognitivo é importante para crianças?

Crianças constroem o conhecimento com base na realidade direta, incluindo aí as relações que elas têm com familiares, professores e colegas. Mas, para que os pequenos possam reconhecer o mundo em que vivem e compreender novos assuntos ao longo da jornada, é importante que sejam orientados por profissionais na fase escolar.

O processo de aprendizagem inicia desde o ventre da mãe e continua em todas as fases do indivíduo. Na infância, especialmente, as crianças precisam evoluir suas habilidades mentais para que não fiquem com cognição inibida. Assim, o desenvolvimento cognitivo as ajuda a interagir melhor com os “outros” e a otimizar o conhecimento adquirido.

Que 6 ações ajudam no desenvolvimento cognitivo?

Até aqui, você entendeu o que é desenvolvimento cognitivo e por que é importante para as crianças. Porém, a dúvida que fica é quais ações podem melhorar essas habilidades mentais nos pequenos? Dança, atividades ao ar livre, jogos que exercitam a memória, tecnologia, leitura e estímulo visual são opções interessantes.

1. Danças

Dançar envolve atividades mentais e a capacidade motora e, por causa disso, o hábito é um forte aliado do desenvolvimento cognitivo de crianças. Nessa perspectiva, escutar um som e mexer o corpo no compasso de um ritmo musical aguça os sentidos, possibilitando novas sensações ao ser humano em formação.

2. Atividades ao ar livre

Fazer atividades ao ar livre é uma opção para reduzir o uso de aparelhos tecnológicos e incentivar o convívio com os colegas em um espaço aberto, seja no parque, seja na escola, seja na área de lazer do condomínio.

Ao entrar em contato com o “outro”, a criança desenvolve as habilidades mentais e aprende informações novas sobre o ambiente em que está inserida.

3. Leitura

Mecanismo acionado pela cognição, a imaginação do jovem se desperta com o hábito de ler. Por isso, incentivar a leitura em casa e na escola é uma alternativa para contribuir com o desenvolvimento cognitivo do pequeno.

Assim, a obra literária, feita com linguagem apropriada para a garotada, deve envolver o leitor, educando-o de forma lúdica, ensinando-lhe sobre a vida e melhorando a capacidade de ele interpretar narrativas.

4. Uso consciente da tecnologia

Atualmente, existe uma ampla oferta de recursos tecnológicos para desenvolver a cognição de crianças. Aplicativos, por exemplo, ajudam a reconhecer os animais, as frutas e os números, o que desperta o conhecimento e fixa novas informações na mente da garotada, desde que o acesso à tecnologia seja utilizado com consciência e supervisão de um adulto.

5. Jogo da memória

Você deve se lembrar de quando treinava a mente com jogos de memória na infância. Pois bem, investir nesse tipo de brincadeira é ideal para fixar novos conteúdos e melhorar a cognição dos pequenos, os quais devem prestar atenção a padrões para se dar bem no exercício de memorização.

6. Uso das cores

Não é novidade que as cores são usadas em brincadeiras lúdicas, mas, além disso, as sequências coloridas chamam a atenção das crianças e as ajudam a raciocinar. A pigmentação, nesse sentido, pode ser uma ferramenta para acionar mecanismos mentais e impulsionar os sentidos do educando.

Como a escola pode auxiliar no desenvolvimento cognitivo?

O desenvolvimento cognitivo começa desde a gestação, mas o processo ganha outro ritmo na fase escolar, quando a criança está exposta aos devidos estímulos para aprender. Dessa forma, a escola exerce um papel central no aprendizado dos estudantes, uma vez que os professores estão treinados para impulsionar as capacidades mentais dos jovens.

Da mesma forma, escolas investem em canais tecnológicos para mapear o desenvolvimento cognitivo dos alunos, observando dificuldades em sala, verificando o convívio com os demais colegas e pontuando os avanços conquistados no percurso educacional do estudante.

O Colégio Arnaldo, destaque em Belo Horizonte, tem equipe preparada e atendimento personalizado para acionar o desenvolvimento cognitivo dos alunos, em cada faixa etária, e melhorar possíveis desvios no processo de aprendizado, mantendo a comunicação aberta com a família da criança.

Neste post, você aprendeu sobre desenvolvimento cognitivo, conjunto de habilidades mentais acionadas pela aquisição de conhecimento. Mas, para que os jovens desenvolvam essas capacidades na íntegra, é preciso que sejam estimulados por educadores, que podem promover desde danças até jogos de memória para aguçar o raciocínio dos pequenos.

Então, quer investir em uma escola que potencializa o desenvolvimento cognitivo dos seus filhos? Não espere mais: entre em contato já com o Colégio Arnaldo, com unidades nos bairros de Funcionários e Anchieta, na capital mineira, e conheça o perfil dos nossos professores.

Powered by Rock Convert