O envolvimento dos pais na educação escolar dos filhos ajuda significativamente a melhorar o seu desempenho. Uma boa maneira de fortalecer os vínculos familiares é participar do dever de casa, já que isso estimula o aprendizado e gera confiança. Mas nunca se deve fazer a tarefa pelos filhos, para não atrapalhar seu desenvolvimento.

Quando o jovem percebe que existe uma relação de respeito e comprometimento entre pais e professores, ele também tende a valorizar mais o aprendizado, pois o incentivo recebido em casa reflete diretamente no interesse pela escola.

Continue a leitura e saiba por que é importante participar do dever de casa dos seus filhos.

A importância de acompanhar o dever de casa dos filhos

É de fundamental importância que os pais acompanhem o dever de casa dos seus filhos. Afinal, esse é o momento ideal para avaliar o desempenho dos jovens na escola, conhecer suas dificuldades e aumentar o contato e afeto com eles. A seguir, veja por que incluir essa prática em sua rotina.

Possibilita conhecer melhor as dificuldades do seu filho

Ao acompanhar de perto a realização das tarefas do seu filho, você consegue compreender melhor as dificuldades que ele apresenta em relação aos conteúdos escolares. Assim, pode perceber com quais matérias ele tem afinidade e quais causam mais dúvidas.

Conhecer a relação da criança ou do adolescente com as matérias que aprende é importante para a sua comunicação com a escola ser cada vez melhor. Dessa maneira, você pode auxiliar seu filho a enfrentar os problemas que possam surgir e estimulá-lo a ter uma melhor reação aos desafios.

O senso de responsabilidade também é estimulado. Afinal, os pais mostram que o dever de casa é importante e precisa ser cumprido. Dessa forma, aprende-se desde cedo que as tarefas devem ser realizadas com empenho e dentro do prazo estipulado.

Essa é uma fase importante para o jovem, na qual ele aprende a lidar com os próprios sentimentos. O auxílio da família nas conquistas e frustrações é fundamental para um bom desenvolvimento emocional, porque isso evita problemas de comportamento e se reflete também na formação da personalidade.

Melhora as relações familiares

Estabelecer um momento para estar mais perto dos filhos é muito bom para melhorar as relações familiares. O dever escolar pode ser a oportunidade de aproximação e precisa fazer parte da rotina da casa.

É importante que o momento das atividades seja prazeroso, porque encarar a tarefa como um fardo sugere os estudos como algo negativo. O ideal é mostrar o quanto é bom aprender e conhecer coisas novas.

Evitar a rigidez durante a lição de casa é necessário. O rigor com os erros, em vez de incentivar a excelência, desenvolve o estresse, o medo e a insegurança. É por meio das tentativas que se aprende, por isso a família precisa incentivar o estudante a experimentar e a encontrar as respostas por si.

A hora da tarefa precisa ser acolhedora, ajudando na construção da autoestima. Isso estimula os vínculos familiares e faz com que as crianças e os adolescentes se sintam confiantes tanto dentro quanto fora de casa.

Estimula o raciocínio e a troca de conhecimentos

Ao participar do momento de atividades da escola, os pais precisam ajudar a organizar a rotina de estudos. Quando for necessário, devem guiar o filho para melhorar a compreensão da matéria.

Para estimular o raciocínio, sugira outras fontes de pesquisa, mostre o que precisa ser revisado com mais atenção e pergunte quais pontos ele pensa que está errando. Assim, você estimula seu filho a repensar sobre a tarefa e a desenvolver suas habilidades.

Os conteúdos abordados pela escola se conectam com a vida prática. Muitas vezes, a troca de aprendizados é enorme e várias experiências podem ser compartilhadas pelos pais. As crianças também são incentivadas a contarem as informações novas que aprendem na escola.

Permitir ao filho ensinar o que estudou na aula é uma ótima maneira de estimular a sua autoestima e ajudar a fixar o conteúdo. Além disso, essa abertura faz com que ele tenha mais interesse em continuar aprendendo, para compartilhar em casa depois.

Permite saber se as tarefas são feitas com empenho

A melhor forma de saber se seu filho está fazendo as atividades escolares com dedicação e capricho é acompanhando de perto. Ao participar do dever de casa, você consegue perceber se as dificuldades estão relacionadas, por exemplo, à falta de empenho.

É comum que as matérias que o estudante considera mais difíceis não sejam compreendidas por falta de concentração. Em conjunto aos professores, observe quais são os maiores desafios de aprendizagem. Essa proximidade com a escola ajuda a identificar possíveis problemas e a buscar as melhores formas de proceder diante da situação.

Incentiva o interesse escolar

Se a família considera os estudos importantes e prazerosos, a aprendizagem dos filhos também acontece de maneira mais fluida e agradável. É importante tratar as obrigações escolares como a oportunidade de descobrir coisas novas e estimulantes.

Geralmente, a visita dos pais à escola só acontece em situações de problema ou eventos especiais. Se essa participação for mais natural, tanto da família na escola quanto dos assuntos relacionados aos estudos em casa, o interesse é incentivado.

Quando existe um acolhimento às tarefas, os alunos se desenvolvem melhor na escola. Isso acontece porque estudar deixa de ser uma atividade estranha, que só é realizado dentro daquele ambiente e, assim, torna-se um hábito.

Os pais precisam ter atenção sobre a sua participação nas tarefas de casa do filho, sem parecer um fiscal ou criar dependência. O ideal é passar algum tempo com o jovem, conversar tranquilamente sobre o que acontece na escola, quais são as dificuldades e o que causa mais empolgação.

Porém, é preciso deixar que o filho tenha seus momentos de estudo sozinho, em um ambiente tranquilo e sem interrupções. Isso estimula o jovem a tentar, da sua maneira, chegar à solução das atividades. No entanto, mostre-se disponível, caso apareçam dúvidas.

Quando perceber erros no dever de casa, sugira que seu filho revise com mais calma a atividade, sem dar a resposta certa nem apontar exatamente o erro. Em alguns casos, a correção em casa impede os professores de perceberem as dificuldades do aluno ou de conseguirem tirar possíveis dúvidas.

Cuidados no momento das atividades

Como vimos, o momento do dever de casa é muito importante para avaliar o desempenho escolar e aumentar as suas relações afetivas, contribuindo com o fortalecimento do vínculo familiar. A criança ganha mais confiança e fala sobre os seus desafios, fazendo com que os pais possam contribuir para o seu processo de aprendizagem de maneira mais adaptável e significativa.

Entretanto, o acompanhamento nos estudos e nas atividades deve ser feito seguindo alguns cuidados. A seguir, veja quais são os principais.

Cultive a calma e a paciência

Quando perceber que o seu filho não está demonstrando os resultados esperados, tente manter a calma e seja paciente com o ritmo de avanço dele. Até porque, o momento precisa ser prazeroso, evitando apontar erros ou falhas sem necessidade. O ideal é reforçar as conquistas e lembrar que o seu desenvolvimento tem um tempo próprio para progredir.

Considere as limitações do seu filho

Também é fundamental considerar as limitações e habilidades dos estudantes, entendendo quais são os conteúdos de maior dificuldade, em quais assuntos se saem bem e as suas preferências de estudo. Assim, os pais podem optar por materiais didáticos, atividades extracurriculares e práticas mais adequadas na hora de auxiliar no dever de casa.

Siga as orientações da escola

As escolas geralmente passam orientações para que os familiares possam realizar o acompanhamento da melhor forma. Em algumas instituições, o planejamento dos pais pode ser organizado por um cronograma anual, indicando o que deve ser feito e quanto tempo será preciso para as atividades serem cumpridas dentro do período curricular. Isso garante maior êxito no processo de ensino do aluno, contando com o apoio pedagógico articulado da escola com os responsáveis.

Seja positivo

Seja positivo em relação ao rendimento do seu filho, até porque errar faz parte de sua formação. Tenha em mente que cada um tem o seu tempo de aprendizagem e o que pode parecer simples para alguns, não é para outras pessoas. Portanto, tenha empatia e ressalte sempre os pontos positivos demonstrados pela criança.

Estimule o desempenho

A fim de estimular o desempenho, você pode definir horários dedicados tanto aos estudos quanto ao lazer e descanso. Isso ajuda o aluno a perceber que, após cumprir com suas atividades dentro do prazo, ele terá mais tempo para se divertir ou simplesmente relaxar. O ideal é não sobrecarregar a rotina e estabelecer diferentes horas do dia até identificar qual o momento funciona melhor.

Sempre deixe bastante claro ao seu filho que a lição de casa é responsabilidade dele e que você está apenas dando suporte para o seu desenvolvimento. Assim, a sua participação deve ser equilibrada, tendo a oportunidade de oferecer uma orientação mais eficaz e significativa no processo de ensino.

O dever de casa é muito importante, pois permite que os estudantes experimentem o contato com a matéria de maneira mais autônoma e fixe os aprendizados da sala de aula. Assim, é preciso que a família acolha as atividades da escola e utilize o momento para criar uma aproximação mais próxima e motivadora.

Gostou do artigo? Então, aproveite a visita e assine também a nossa newsletter! Assim, você receberá, diretamente em seu e-mail, todas os conteúdos exclusivos do Colégio Arnaldo!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert