Nos dias de hoje, somos cada vez mais envolvidos pelas rápidas mudanças dessa nova era digital. Com a globalização e o avanço das tecnologias de informação, é imprescindível que a forma como as escolas promovem o ensino sejam repensadas.

Nesse sentido, a educação humanizada é uma abordagem de ensino que traz uma série de benefícios para a escola, professores, alunos e a sociedade em geral. Essa metodologia — que leva em consideração a subjetividade de cada aluno — reconhece que cada indivíduo é completo, com sonhos, frustrações, medos e, por isso, deve ser compreendido em sua totalidade.

Ficou interessado? Então continue a leitura — neste post, vamos apresentar os principais benefícios de apostar em uma educação humanizada. Confira!

Benefícios da educação humanizada

Manter um ensino tradicional para crianças altamente informatizadas e envolvidas com a tecnologia não é a melhor maneira de formar cidadãos aptos a viverem plenamente em sociedade. Nesse contexto, a escola deve ser um local que auxilie diretamente na construção intelectual, psicológica e física do aluno de acordo com a sua realidade.

Junto aos pais e responsáveis, a escola ajuda dispor as bases sobre as quais o jovem construirá seu futuro. Dessa forma, individualizar a educação e compreender aquele indivíduo em particular é permitir que ele cresça e potencialize suas características pessoais e únicas.

Dessa forma, garantir uma educação humanizada pode gerar diversos benefícios para toda a comunidade escolar. Veja, a seguir, os principais deles:

O aluno se sente acolhido

Com a educação humanizada, o aluno se sente acolhido com o mesmo tipo de conforto e respeito que tem em casa. Assim, ele se sente mais confortável para compartilhar, para conhecer a si mesmo, para descobrir suas potencialidades e desenvolvê-las. O ambiente da escola humanizada compreende a individualidade de cada aluno e busca encorajá-la.

Esse ambiente compreende a construção do conhecimento de forma diferenciada, que não visa apenas a finalidades de ganho e monetização. Além disso, esse tipo de ensino leva em consideração a individualidade dos professores e entende que a boa saúde mental e física dos indivíduos é essencial para a construção de uma sociedade igualitária.

Há mais motivação

A partir do momento em que o aluno se sente valorizado, com suas ideias ouvidas e levadas em consideração, ele se sente motivado a buscar mais. A curiosidade é o propulsor da evolução humana e nada seria possível sem ela. A própria capacidade do sapiens para o autodesenvolvimento se deve ao espírito de descoberta e à curiosidade.

No entanto, a curiosidade não se desenvolve quando a inteligência individual do aluno não é apoiada e encorajada. Nenhuma matéria e nenhum interesse pessoal devem ser desconsiderados quando o indivíduo está em formação. Assim, a educação humanizada também possibilita a liberdade pessoal para que a criança possa ser o que ela quiser ser com base em seus talentos individuais.

Ocorre o desenvolvimento da inteligência emocional

Uma criança que sabe ser dona de seus próprios pensamentos e anseios é um indivíduo livre. Ao ter a certeza de poder se desenvolver da melhor forma que conseguir, ele se sente tranquilo o suficiente para se tornar mais resistente à doenças mentais como ansiedade ou depressão, por exemplo.

A inteligência emocional é a capacidade de um indivíduo de reconhecer suas próprias emoções e se automotivar, seguindo em frente apesar dos desafios e das frustrações. Desenvolver essa habilidade garante o reconhecimento das próprias capacidades e talentos, resultando em adultos mais independentes e autoconfiantes.

Redução de conflitos

Escolas humanizadas costumam ter uma porcentagem consideravelmente menor de problemas com abuso entre colegas. O bullying pode ser uma reação a uma vivência em ambientes violentos ou a ocasiões de violência, prejudicando tanto quem sofre, quanto quem o pratica.

Sendo assim, a conversa franca e um espaço confortável e seguro podem fazer toda a diferença no modo como a criança lida com eventos assim. Poder se expressar livremente, sem o medo de julgamento, é o primeiro passo em direção à cura.

Uma educação humanizada permite todo esse processo e resulta em uma vivência mais pacífica, que tem efeito direto na sociedade.

Desenvolvimento da empatia

A empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro, ou seja, de sentir o que outra pessoa provavelmente está sentindo em determinada situação. Essa é uma característica que vem sendo cada vez mais procurada em líderes, já que ajuda a manter o respeito e, consequentemente, a motivação em todas as pessoas com a qual eles se relacionam.

A empatia é o que leva as pessoas a se unirem e a se ajudarem. Para que se possa construir um mundo melhor, mais igualitário e sem preconceitos, é essencial o foco no desenvolvimento da empatia em crianças e adolescentes, um processo que é apoiado em escolas humanizadas.

Professores mais capacitados

Em uma instituição de ensino que promove uma educação humanizada, a participação de professores bem preparados é de fundamental importância.

Nesse modelo, esses profissionais estão em constante desenvolvimento profissional, buscando maneiras inovadoras de inserir a empatia e a responsabilidade social no contexto escolar. Desse modo, tornam-se aptos a instruírem as próximas gerações de maneira mais humanizada, contribuindo para uma sociedade mais justa.

Interdisciplinaridade

A interdisciplinaridade tem reunido um número cada vez maior de adeptos no que concerne os métodos de ensino. Compreender que o conhecimento não se divide em disciplinas é essencial para a análise de problemas complexos e a construção de um amplo conhecimento do mundo além das paredes da sala de aula.

A interdisciplinaridade se refere ao ensino combinado de disciplinas de modo que uma complemente a outra, contribuindo para a capacidade analítica do aluno, geralmente com relação a questões práticas e problemas reais. Desse modo, cria-se uma razão para o estudo das mais diversas áreas e perguntas sobre os motivos de se estudar matemática, história e biologia diminuem consideravelmente.

A educação humanizada é uma das maneiras mais saudáveis de se educar uma criança. Promover um espaço seguro para que ela se desenvolva, expresse seus pensamentos e pratique a empatia são algumas das vantagens desse tipo de ensino. Quem se beneficia é a sociedade, que só tem a ganhar quando crianças e adolescentes começam sua educação dessa forma.

Gostou de saber mais sobre a educação humanizada? Ficou com alguma dúvida ou gostaria de acrescentar algo? Compartilhe o seu comentário ou opinião e contribua para a discussão desse assunto tão importante para o futuro!

Powered by Rock Convert