A tecnologia se instalou em todos os setores de nossas vidas. Por isso, na era digital, as escolas também precisam se adaptar, repensar a sua prática e melhorar o ensino. É necessário usar as novas ferramentas como recursos a favor do aprendizado, e não impedir que elas entrem na instituição.

Os alunos estão conectados aos aparelhos eletrônicos e é preciso pensar em estratégias para atrair a sua atenção. Os livros e aulas tradicionais não são mais a única fonte de informação, então, buscar se atualizar a respeito das tecnologias é uma necessidade para os educadores.

Neste post falaremos sobre as principais tendências da era digital e como elas contribuem para o ensino. Confira!

Sala de aula interativa

Como já foi dito, a tecnologia é uma realidade na vida dos estudantes. então, ao invés de competir com os celulares, a sala de aula interativa propõe utilizar os recursos modernos para tornar a aula mais empolgante e atraente.

Os recursos digitais são explorados de diferentes maneiras a fim de complementar a aula, prometendo melhorar o aprendizado. É uma forma interessante de se desconstruir a ideia de que estudar é chato e cansativo. Assim, o hábito passa a ser considerado um momento prazeroso de descoberta.

Com isso, é possível buscar nos meios virtuais informações precisas, notícias, áudios e imagens, que tornem mais completo o aprendizado dos temas estudados. É justamente esse dinamismo e interação tornam a aula muito mais divertida!

No entanto, para que a sala de aula interativa seja uma boa estratégia, o professor precisa atuar como um motivador. Ele deve saber despertar a curiosidade e o interesse pelos temas abordados, que incentivarão as pesquisas e o uso dos recursos digitais.

É importante também que o uso da tecnologia não seja apenas a troca dos livros pelos tablets e outros aparelhos. Com novos meios de ensinar, é preciso estar devidamente preparado para utilizar os eletrônicos de forma estratégica e inteligente.

Ensino híbrido

O ensino híbrido é uma grande tendência da era digital por possibilitar muito mais aprendizado. Ele caracteriza uma proposta interessante para o uso da tecnologia na educação — trata-se de uma mistura entre educação presencial e online.

No Brasil existem escolas que usam o método de rotação de laboratório, em que uma parte das aulas acontece na sala tradicional e a outra parte no laboratório de informática.

A técnica de rotação dá ao professor a liberdade de utilizar os recursos digitais a fim de atrair a atenção dos alunos para o tema. Depois, ele pode conduzir a aula expositiva, que permite mais aprofundamento, com análise conceitual.

Em alguns sistemas, as aulas online complementam as aulas presenciais. Elas permitem que o aluno tenha acesso a diferentes materiais didáticos e ampliem seus estudos. A vantagem é ainda ter o contato com o professor e os colegas para poder trocar ideias, tirar dúvidas e melhorar a qualidade do ensino.

Gamification

Os jogos são excelentes para atrair a atenção e permitir que se aprenda “brincando”. Os jovens geralmente conseguem ficar por várias horas ininterruptas no videogame, por exemplo. O jogo, assim, é um recurso que pode ser usado pela educação para tornar os estudos ainda mais atrativos, dentro do que conhecemos como gamification ou gamificação.

Utilizar o poder dos jogos para melhorar o envolvimento dos estudantes é uma excelente estratégia para as escolas. Com o auxílio da tecnologia, os jogos educativos são usados para que o aluno aprenda e absorva as matérias com maior fixação do conteúdo, por conta da aproximação que causa.

Outro aspecto da gamificação é o uso de desafios durante o aprendizado. Isso aumenta a motivação e estimula o estudante a perceber a sua própria evolução. O professor também pode usar os jogos como forma de melhorar a colaboração entre os alunos, para incentivar o trabalho em conjunto.

Plataforma de ensino

Instituições que contam com uma plataforma de ensino apresentam muitas vantagens para estudantes e educadores. Com isso, é possível ter acesso completo às informações escolares, de forma rápida e prática.

As plataformas geralmente trazem dados sobre faltas, notas, provas, tarefas e materiais didáticos. Também permite que professores e alunos troquem informações com mais agilidade.

Além disso, a plataforma é um excelente recurso para os pais. Assim, eles podem acompanhar o cotidiano escolar em casa e manter uma relação mais próxima com a instituição de ensino. A possibilidade de participar da educação dos filhos é ampliada, ainda que não tenham muito tempo disponível.

Na era digital, como se pode notar, é importante que exista um bom gerenciamento do tempo e das informações. Então, quando a escola permite um espaço organizado de acesso aos seus conteúdos — como a plataforma de ensino —, oferece maior mobilidade para os seus profissionais, alunos e familiares.

Colaboração online

Sabe aquela dificuldade dos estudantes de fazerem trabalhos em grupo? Os recursos digitais podem ajudar a resolver o impasse. Já existem muitas ferramentas para colaboração online que permitem a realização de trabalhos, conversas em grupo e outras formas de interação.

Assim, é possível criar documentos virtuais que são editados por várias pessoas ao mesmo tempo, com adição de comentários e tela de bate-papo para discutir sobre as alterações. Isso resolve problemas como:

  • a dificuldade do grupo de se encontrar;
  • não ter o local apropriado;
  • várias pessoas editando o mesmo documento em um único computador.

Se o desejo for de expandir ainda mais as possibilidades, a tecnologia permite ter contato com pessoas do mundo todo. O estudante tem acesso a conversas e trocas de informações, ou até mesmo atividades com outras instituições, apenas pelos meios digitais.

É extremamente necessário que as escolas se modernizem e incorporem a tecnologia em suas práticas. Como foi mostrado aqui, é possível explorar muitas formas de  lecionar. Mas, para que isso aconteça de maneira vantajosa, é importante que a instituição de ensino seja organizada e aberta a novas ideias. C

Por isso, contar com sistemas eficientes faz toda a diferença — e os profissionais também precisam ser comprometidos. Buscar o melhor uso das tecnologias e se atualizar sempre são ações fundamentais. Além disso, os educadores é quem vão explorar a infraestrutura escolar, para conseguir o melhor que elas podem oferecer.

Os pais, por sua vez, precisam observar como a escola dos filhos lida com as tendências tecnológicas. As instituições, mais do que nunca, devem utilizar recursos modernos a fim de aproximar os pais da educação dos filhos e melhorar a experiência escolar. O portal de ensino para acesso dos pais, por exemplo, é uma ferramenta excelente, que merece ser considerada.

É importante que a educação acompanhe as evoluções da era digital e sempre se renove para conseguir ser mais estimulante para os estudantes, além de estar conectada com a realidade prática. Então, por que não fazer o melhor uso dos recursos tecnológicos, que são criados justamente para otimizar a nossa vida?

Apesar disso, não devemos nos esquecer de que o uso da internet também pode trazer riscos e alguns desafios. Aproveite sua visita aqui no blog e veja como saber o que o seu filho faz na internet!

Powered by Rock Convert