estratégias de estudo

6 estratégias de estudo para garantir bons resultados na escola

A participação da família na vida escolar de crianças e adolescentes é fundamental para criação do hábito de estudo. Isso acontece porque os alunos precisam do apoio de outras pessoas para se manterem motivados. É quando os familiares podem ajudá-los com algumas estratégias de estudo simples, mas muito eficientes.

Antes de entender quais são as melhores estratégias, é importante compreender o papel da família na educação dos filhos. Afinal, quando olhamos para a realidade, vemos que pais e escola são dois pilares importantes na formação educacional.

De um lado, é entre os familiares que as crianças exercitam seus sentidos e estimulam habilidades socioemocionais; do outro, elas sistematizam seus conhecimentos na escola e se preparam para o mundo do trabalho. A partir da união desses dois âmbitos, cria-se uma base para que o aluno se mantenha confiante e com vontade de estudar.

Nesse sentido, vale a pena adotar uma postura proativa e colaborativa para ensinar os seus filhos a estudar em casa. Isso será fundamental para o rendimento deles na escola. Veja seis estratégias de estudo a seguir.

1. Manter um local de estudos organizado

Um local dedicado ao aprendizado é uma estratégia de estudo que facilita muito a rotina dos alunos em casa. O ambiente deve ser tranquilo, sem muitas distrações, com boa iluminação e uma mesa reservada para os materiais que seus filhos precisam, como computador, caderno, canetas, livros, entre outros.

A regra é não deixar o ambiente tão confortável ao ponto de estimular o sono, nem desconfortável ao ponto de evitar a concentração. Há quem goste de estudar deitado na cama, por exemplo, mas quem faz isso corre o risco de cair no sono facilmente. Então, vale a pena ter uma cadeira e mesa em um espaço reservado. Evitar ambientes improvisados vai mostrar aos seus filhos que a família leva os estudos a sério.

2. Criar o hábito de estudar

Uma das melhores estratégias de estudo é definir os horários certos para estudar em casa e ajudar seus filhos, aos poucos, a permanecerem nesse hábito. Dessa forma, revisar os assuntos vistos em sala de aula e fazer as lições de casa fica mais fácil, criando-se um ritmo de estudos — que vai sendo incorporado à rotina, de modo que estudar se torne parte das atividades diárias.

É importante considerar a idade da criança ou do adolescente, porque os pequenos conseguem se manter concentrados durante um tempo menor que os mais velhos. O que pode ajudar é a criação de um cronograma para definir os momentos diários de lazer e de estudar. Assim, o estudo não vai atrapalhar o convívio familiar e se tornará um hábito saudável.

3. Fazer pausas regulares

Quando se estuda em casa, o excesso de estudos ou de descanso são dois problemas comuns. A melhor solução é encontrar um meio-termo, um jeito de manter a concentração e garantir tempo para respirar. O que vem dando certo para muitos pais é permitir que seus filhos façam pausas de 10 a 15 minutos entre os estudos de assuntos ou disciplinas diferentes.

Explique a eles a importância de evitar usar o celular nesse tempo, pois o risco de passar mais de 15 minutos entretidos na internet é muito alto. Esse é um momento para beber água, ir ao banheiro, fazer um passeio curto ou apenas ficar na varanda descansando. Desse modo, a pausa será produtiva e eles vão conseguir voltar aos estudos com toda concentração.

4. Conversar sobre a rotina e os aprendizados

Relações humanas são conversas intermináveis que permeiam os relacionamentos bons e ruins da vida. Na família, não é diferente. Manter um diálogo é uma das melhores formas de estreitar laços entre pais e filhos. Por essa razão, pergunte a seus filhos como foi o dia na escola e o que aprenderam. Eles vão adorar falar sobre isso!

Uma boa maneira de estimular o diálogo é usar a escuta ativa, quando você demonstra estar realmente interessado na conversa e faz perguntas baseadas no que ouviu. Assim, demonstrará se preocupar com o desenvolvimento dos seus filhos e os ajudará a fixar os assuntos.

5. Contar com o auxílio da internet

A internet representa, em muitos casos, uma fonte de distração para crianças e adolescentes; mas, em outros momentos, ela pode se tornar uma ótima aliada dos seus filhos. Ferramentas que otimizam o aprendizado e sites que apresentam conteúdos gratuitos são ótimas estratégias de estudo digitais para a rotina dos alunos.

No blog do Colégio Arnaldo, por exemplo, você e seus filhos têm acesso a conteúdos sobre gestão de tempo, estímulo ao pensamento crítico, interpretação de texto, preparação para o vestibular e muito mais.

O YouTube também é uma plataforma que pode ser aproveitada de maneira útil ao aprendizado dos seus filhos. Vários professores contam com canais para publicar vídeos gratuitos ensinando assuntos de todas as disciplinas presentes no currículo escolar. Portanto, é uma ótima fonte para tirar dúvidas e reforçar o aprendizado em sala de aula.

6. Usar aplicativos de estudos

Por fim, não poderíamos deixar de falar dos aplicativos de celular para os estudos. Na verdade, existem várias dicas sobre estudar pelo celular. Os aplicativos são um meio atraente de incentivar os mais jovens a se aprofundarem em seus conhecimentos. Reunimos alguns aplicativos que você pode testar agora mesmo e analisar:

  • Duolingo — aplicativo para aprender idiomas, com atividades de tradução, escrita, escuta e fala. Todos os conteúdos são organizados em módulos a fim de facilitar o exercício da língua escolhida;
  • Mecflix — aplicativo criado pelo governo federal e destinado aos alunos que estão se preparando para o Enem e outros vestibulares, contendo vídeos educativos que abordam assuntos comuns em salas de aula;
  • Semper — ao instalar esse aplicativo, a pessoa precisa responder uma pergunta sempre que desbloqueia o celular, com temas escolhidos pelo usuário, como conhecimentos gerais, matemática, idiomas e muito mais.

Se você chegou até aqui, já tem o necessário para ajudar seus filhos com estratégias de estudo em casa. Esse hábito vai permitir que eles melhorem o rendimento na escola e estreitem os laços familiares. Vamos ao checklist sobre o que aprendemos neste post? Confira:

  • ajude seus filhos a criar o hábito de estudar;
  • mantenha um local de estudos organizado;
  • mostre a importância de fazer pausas durante o tempo de estudo;
  • converse sobre a rotina escolar e os aprendizados;
  • conte com o auxílio da tecnologia.

Após conhecer as estratégias de estudo para ajudar seus filhos, que tal aprofundar seus conhecimentos nesse assunto? Aproveite a visita ao nosso blog e confira ações para melhorar a participação dos pais na educação dos filhos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.