estudar pelo celular

É possível estudar pelo celular? Confira 5 dicas para melhorar esse processo!

Diante da pandemia e da obrigatoriedade de aulas remotas para a continuidade do ano letivo, os estudantes passaram a estudar pelo celular e por outros tipos de dispositivos digitais. No entanto, caso não sejam bem orientados, eles podem sofrer distrações que atrapalham diretamente o seu desempenho.

Para evitar notas baixas na escola, os alunos precisam contar com um planejamento efetivo a fim de se organizar e estipular melhor os horários dedicados ao processo de aprendizagem. Os pais, nesse sentido, devem oferecer orientação e acompanhar de perto à criança ou ao adolescente no desenvolvimento de sua formação, de modo a garantir um bom aproveitamento.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, acompanhe a seguir e confira cinco dicas para estudar pelo celular da melhor forma.

Qual é a importância das tecnologias no período de isolamento social?

Não é segredo para ninguém que o estudo, mediado por diferentes tecnologias, tornou-se fundamental no período de isolamento social. Antes mesmo da pandemia, uma série de recursos e ferramentas digitais já ocupavam uma importância significativa no processo de ensino e aprendizagem, contribuindo diretamente para a melhora dos resultados educacionais.

Realidade aumentada, jogos, videoaulas, plataformas, redes sociais e aplicativos, por exemplo, podem ser implementados às aulas com o objetivo de aperfeiçoar a qualidade da aquisição do conhecimento. Além disso, por meio da tecnologia, os diretores e professores conseguem se aproximar de modo mais significativo da realidade dos alunos, elaborando planos pedagógicos que atendam às principais demandas desses jovens.

Em tempos de aula remota, a tecnologia ocupa um espaço bastante relevante, mas não somente para a transmissão dos conteúdos disciplinares. As ferramentas digitais também são uma forma de estimular o pensamento crítico, a autonomia e a criatividade, desenvolvendo maior engajamento, motivação e sentimento de pertencimento nos estudantes.

Que cuidados podem ser adotados para garantir maior segurança digital na aprendizagem?

Com o uso da tecnologia fazendo parte do processo de aprendizagem, os pais devem estar atentos em relação à segurança digital de crianças e jovens na internet. Crimes cibernéticos, ameaças e cyberbullying, por exemplo, são alguns dos riscos e desafios que precisam ser considerados tanto pelas famílias quanto pelas instituições de ensino.

A fim de garantir a integridade das informações do aluno e dos conteúdos acessados, é fundamental que os pais acompanhem de perto as atividades e ações desenvolvidas em sites, aplicativos e ambiente de aprendizagem online. O ideal é manter um monitoramento, tanto para evitar distrações quanto para impedir que usuários mal-intencionados utilizem os dados do estudante de maneira inadequada.

Como estudar pelo celular de forma eficiente e prazerosa?

Para que as aulas remotas ocorram, o educando necessita usar algum dispositivo digital, como notebook, tablet ou celular, de modo a ter acesso aos conteúdos e às atividades pedagógicas. No entanto, sem um bom planejamento de estudos e orientação educacional, aumentam-se as chances de o aluno sofrer com distrações e ter seu desempenho prejudicado.

Por conta disso, os pais podem tomar algumas ações e auxiliar a criança ou o jovem para que faça um uso consciente dos dispositivos eletrônicos. A seguir, veja quais são as medidas a serem feitas visando a tornar o processo de ensino pelo celular mais eficiente e, ao mesmo tempo, prazeroso.

1. Escolha um local confortável e sem barulhos

Quando o estudante tem um local de estudos confortável e sem barulhos, é possível evitar interferências e que ele seja atrapalhado no desenvolvimento das aulas. O ideal, portanto, é reservar um cômodo em casa, limpo, bem iluminado e com todos os materiais necessários para uma dedicação exclusiva e sem interrupções.

Além de manter o foco por mais tempo, o aluno pode apresentar melhor produtividade e ter resultados positivos na aprendizagem. A família deve ter em mente que a rotina de estudos precisa ser respeitada ao máximo, contribuindo para o pequeno seguir o planejamento das aulas e obter melhores rendimentos.

2. Desative as notificações das redes sociais

O celular oferece uma série de distrações, sobretudo às crianças e aos jovens, que são facilmente atraídos pelas redes sociais. No momento dos estudos, portanto, é preciso desativar todas as notificações de aplicativos que possam atrapalhar a atenção do estudante.

Outra maneira de superar o problema, é combinar com o seu filho um horário exclusivo para ter acesso às redes sociais e outros sites na internet. O momento pode ser logo após as aulas ou depois de o aluno ter cumprido todas as atividades escolares do dia.

3. Utilize os aplicativos próprios para estudo

Existem inúmeros programas, plataformas e aplicativos voltados ao desenvolvimento dos estudos. Além de ser importante para a segurança digital do educando, os pais têm maior tranquilidade e garantia de que o pequeno só terá acesso aos conteúdos oficiais das aulas veiculados pela instituição de ensino.

Os aplicativos também permitem maior interação entre professores e estudantes, que representa um fator de extrema importância para a qualidade da aprendizagem. Fóruns e chats, por exemplo, são canais de comunicação disponíveis mais utilizados com o intuito de incentivar a participação e a troca de conhecimento.

4. Separe um tempo para o descanso

Diante das obrigações e atividades da escola, os pais devem separar momentos de lazer e descanso para a criança ou jovem. Afinal, essa prática diminui a tensão e alivia a mente dos estímulos externos, permitindo ao aluno se sentir disposto e relaxado para dar continuidade aos estudos.

O tempo reservado para o descanso pode ser incluído no planejamento escolar logo após o estudante ter cumprido as atividades pedagógicas. Dessa forma, além de se sentir recompensado pelo esforço, ele terá mais motivação e dará o seu melhor.

5. Estabeleça uma rotina

A rotina deve ser bem regrada, contando com horários para cada uma das obrigações de estudo. Por meio de um bom planejamento, é possível ter melhor aproveitamento e rendimento, além de ser uma maneira eficiente de estimular o educando.

Assim, ainda promove-se uma maior noção de responsabilidade e autonomia no estudante em relação à sua própria aprendizagem. Ele passa a entender que tudo deve ter um momento propício para acontecer, ou seja, torna-se paciente para cumprir com o planejamento anteriormente traçado.

A fim de que o aluno consiga estudar pelo celular da melhor forma, a família deve acompanhar o educando, de modo que ele mantenha o foco nos períodos exclusivos de estudo. Dessa forma, será mais simples evitar ações ou lugares favoráveis à distração, e ele se dedicará para atingir melhores desempenhos e resultados no processo de ensino.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite a visita e assine a newsletter para receber diretamente em seu e-mail todas as nossas novidades!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.