A formação cidadã é um dos pilares do aprendizado escolar para crianças e adolescentes. Mas você sabe qual é a importância da cidadania em instituições pedagógicas? Pensando nisso, este post explica quais são os valores que devem ser resgatados na escola e qual o papel dos professores no desenvolvimento do cidadão.

Além disso, o conteúdo a seguir mostra como a cidadania ajuda os indivíduos a conviver harmonicamente em comunidade e que dinâmicas (a exemplo de simulação de eleições, grupos de discussão e projetos solidários) podem conscientizar os jovens a respeito dos seus direitos e deveres em coletividade.

O que está esperando para começar a leitura? Tire as suas dúvidas sobre o tema agora mesmo!

Valores que devem ser resgatados na escola

O ser humano deve desenvolver atributos para conviver harmonicamente em sociedade e, nessa busca por crescimento pessoal, cabe à escola auxiliar os alunos. Os valores morais do indivíduo são vistos como essenciais para a inserção dele em comunidade, possibilitando o usufruto dos direitos e deveres da vida cidadã.

Por isso, a comunidade escolar, junto à família dos jovens, deve resgatar valores como o respeito à dignidade das pessoas, a fraternidade, a solidariedade com a causa humana. A formação moral, dessa forma, ajuda a combater o sentimento de vingança e o mau comportamento em grupo, por exemplo.

O papel da escola na formação do cidadão

Até aqui, você entendeu que os valores humanos devem ser resgatados pela instituição escolar, mas resta a questão: qual o papel que a escola ocupa na formação do cidadão? Para esclarecer a dúvida, pode-se afirmar que o colégio é o ambiente de socialização do saber e, nessa perspectiva, deve contribuir para o desenvolvimento moral dos estudantes.

Na escola, crianças e adolescentes encontram as ferramentas para formular e atingir seus sonhos, principalmente porque o sistema de ensino, na figura dos professores e demais profissionais da equipe pedagógica, os ajuda a desenvolver as habilidades cognitivas e a formação moral, lado a lado.

Por isso, a escola serve como parâmetro para os alunos, atuando não apenas na transmissão de normas sociais, mas também passando o exemplo para a garotada viver em comunidade. Dessa forma, os aspectos subjetivos devem sempre ser levados em consideração no ambiente escolar, reforçando o exercício da cidadania e da ética na vida coletiva.

Assim, os professores podem levar aos jovens conceitos como respeito, solidariedade e justiça, atuando na expansão de consciência crítica deles. Ao final, é possível aplicar os valores morais e orientar o relacionamento com o “outro” de forma respeitosa, compreensiva e, principalmente, saudável.

O papel da instituição na formação moral é, nesse sentido, essencial para o crescimento pessoal dos estudantes. Ainda que o convívio familiar desenvolva os valores humanos dos jovens, o ambiente escolar consegue trabalhar, com diálogo aberto e respeito mútuo em relação à turma, noções de cidadania desde a infância.

Além disso, a legislação vigente, a partir das diretrizes e bases da educação nacional, na Lei nº 9.394, estabelece que a educação escolar deve se vincular à prática social, ampliando a formação familiar e inspirando-se nos princípios da solidariedade humana. Com isso, espera-se que a escola prepare os discentes para o exercício da vida cidadã.

A importância da cidadania

A escola, legal e socialmente, deve contribuir para a formação cidadã, porém, qual a importância da cidadania para o meio social? Antes de tudo, é preciso compreender que essa noção — a qual vem do latim civitas, significando, por extensão, aquele que faz parte da cidade — envolve a compreensão dos direitos e deveres de indivíduos em sociedade.

A cidadania é importante para o funcionamento do Estado, uma vez que envolve a consciência sobre o direito de ir e vir, de zelar pelo espaço em que se vive, de exercer o voto e de ter acesso à educação, por exemplo.

Por isso, a formação cidadã se vincula à nacionalidade da pessoa (a exemplo da brasileira), que usufrui dos direitos de permanecer em uma nação e pode, em caso de descumprimento de normas previamente estabelecidas pelo Direito, ter parte da sua cidadania caçada pelo Estado.

Como trabalhar a cidadania na escola

O ambiente escolar deve contribuir para a formação cidadã dos estudantes e, para isso, algumas dinâmicas devem propagar os valores humanos. Simular eleições, fazer grupo de discussão entre os jovens e incentivar projetos solidários são ações que fazem a diferença na escola!

Simulação de eleições

O exercício pleno da cidadania está diretamente associado às eleições, momento em que o indivíduo escolhe seus representantes políticos. Por isso, atividades práticas que simulem um debate entre possíveis candidatos ajudam a conscientizar a turma sobre o valor do voto popular, reforçando, também, o papel do cidadão nessa importante escolha.

Grupos de discussões

Para viver bem em comunidade, é preciso se colocar no lugar do “outro” para respeitar opiniões diversas. Assim, uma boa forma de colocar a cidadania em prática na escola é promover grupos de discussão sobre conteúdos polêmicos, os quais envolvem diversos pontos de visto sobre determinado tópico.

Projetos solidários

Ser solidário é perceber a importância do viver interdependente. A qualidade se dá a partir do momento em que os indivíduos têm noção sobre o peso da participação coletiva para o desenvolvimento social. Em outras palavras, a solidariedade envolve a percepção sobre as ações individuais e a coletividade, em um movimento ininterrupto e mútuo.

Por isso, incentivar a participação dos alunos em projetos de solidariedade contribui para a formação cidadã da turma. Nessa etapa, o professor pode eleger bandeiras humanitárias para aumentar a participação dos jovens em programas de sensibilização sobre pessoas em situação mais vulnerável.

Neste post, você entendeu qual a importância da cidadania no contexto escolar, no qual crianças e adolescentes aprendem sobre valores sociais. Nesse sentido, cabe à escola reforçar noções como fraternidade, solidariedade e respeito ao “outro”, auxiliando a conscientização sobre uma vida coletiva mais harmônica.

O assunto foi útil para você, não é mesmo? Então, continue se informando sobre temas que impactam a educação dos seus filhos. Curta agora a página do Colégio Arnaldo unidades Anchieta e Funcionários no Facebook e receba em primeira mão materiais interessantes sobre o desenvolvimento educacional dos jovens!

Powered by Rock Convert