isolamento social

O isolamento social e o desenvolvimento infantil: como lidar?

A pandemia do novo coronavírus trouxe muitos desafios, entre eles o cuidado com o desenvolvimento infantil mesmo diante do isolamento social. Essa dificuldade surge porque longe da escola, dos colegas e dos familiares, as crianças podem sentir o impacto do momento.

É importante que a família use o tempo em casa para estimular o aprendizado, estreitar o laço com os filhos e contribuir para o seu desenvolvimento, mesmo que isso aconteça de maneira adaptada.

A necessidade de manter o distanciamento ainda deve permanecer por mais alguns meses, até que a ciência desenvolva respostas seguras para tratamento e prevenção da Covid-19. Por isso, é preciso encontrar maneiras de manter as crianças em atividade durante esse período.

Quer entender melhor o que é o desenvolvimento infantil, como ele é afetado pela pandemia e o que a família pode fazer para reduzir os impactos? Continue a leitura e confira.

O que é o desenvolvimento infantil?

As crianças vivem o aprendizado desde o seu nascimento. Elas adquirem a capacidade motora, cognitiva, emocional e social o tempo todo. Assim, o desenvolvimento infantil envolve um conjunto de habilidades que são adquiridas por etapas.

Nesse sentido, as crianças desenvolvem certos aprendizados que são adequados à sua idade. Isso acontece a partir das interações que a criança tem com as outras pessoas e com o ambiente, portanto, é essencial ter rotina e estímulos apropriados.

Qual é a importância de estimular o desenvolvimento das crianças?

O desenvolvimento infantil está alinhado com a idade da criança. Portanto, oferecer os estímulos adequados, a fim de que cada etapa aconteça da melhor maneira, é fundamental. Assim, a criança adquire as habilidades necessárias para a sua vida, servindo como base para todo o seu aprendizado no futuro.

Com o intuito de orientar essas práticas, as escolas contam com um Referencial Curricular Nacional de Educação Infantil. Os manuais norteiam as atividades, para as crianças se desenvolverem em sua plenitude. Dessa forma, não se adquire apenas as habilidades motoras ou intelectuais, mas também o aprendizado emocional e social, que são fundamentais.

Como o isolamento social pode afetar as crianças?

Após compreender o que é e a importância do aprendizado na infância, é fundamental avaliar como esse aspecto é afetado pelo isolamento social. As rotinas em casa e na escola foram mudadas, o contato com os educadores e outras crianças precisou ser adaptado e muitas atividades não podem ser feitas.

Nesse momento, é importante uma parceria entre a escola e a família, de maneira que as crianças não sejam prejudicadas. Nos primeiros meses, educadores e pais passaram por uma dura adaptação, envolvendo testes para compreender como o trabalho poderia ser feito.

Com o tempo, foram descobertas maneiras de oferecer um bom cuidado às crianças, mesmo em casa. Na infância é necessário que se tenha convívio social, brincadeira e contato próximo. Nesse sentido, alguns meses representam um período muito longo e valioso. Portanto, é fundamental encontrar alternativas para minimizar os impactos do isolamento para os pequenos.

Que medidas a família pode adotar para estimular o desenvolvimento infantil?

Apesar de ser necessário encontrar alternativas, essa tarefa pode ser feita de uma maneira tranquila e sem sobrecarga aos pais. Veja algumas dicas para ajudar no desenvolvimento das crianças durante a quarentena.

Converse sempre

Estamos em um período desafiador, repleto de emoções intensas e muitas dificuldades. É importante conversar com a criança sobre isso e ajudá-la a entender o motivo de estar afastada dos colegas e de outros familiares.

O diálogo deve ser franco e honesto, para estreitar as relações familiares, mas adaptado à idade e capacidade de compreensão. Evite trazer uma carga de informações muito densa e assustadora, que pode gerar ansiedade na criança.

Ofereça estímulos

Como já destacamos, a parceria entre a família e a escola é fundamental para minimizar os impactos desse período. Assim, é possível que a escola oriente sobre boas atividades a serem feitas em casa, com materiais acessíveis.

Jogos e brincadeiras em família podem ser muito estimulantes, pois melhora o contato com a criança e favorece o desenvolvimento dela. Para os pequenos que já realizam tarefas escolares, participar desse momento é uma boa alternativa.

Apesar de a quarentena se tratar de um período com muitos impactos negativos, os pais podem usar esse tempo para fortalecerem a união em casa e conhecerem mais sobre os seus filhos.

Envolva a criança nas tarefas domésticas

Com a família em casa por mais tempo, as tarefas domésticas aumentam. Envolver as crianças nesses afazeres é um bom caminho, pois ajuda a desenvolver autonomia delas, além de trazer a sensação de ser útil em casa, o que é excelente.

Mesmo os mais jovens podem participar de alguma maneira do cuidado com a casa e também da organização da própria bagunça.

Use a tecnologia com sabedoria

A tecnologia é uma importante aliada nesse momento e, se usada com sabedoria, consegue amenizar os efeitos do distanciamento físico. Usar recursos como ligações e chamadas de vídeo ajuda a aproximar as crianças dos colegas, professores e familiares que não podem fazer visitas nesse período.

Da mesma forma, os aparelhos eletrônicos podem ser usados para registrar o desenvolvimento da criança, de modo a apresentar aos educadores. É uma maneira de fazer com que a escola entenda os efeitos das atividades realizadas na quarentena e avalie o que traz bons resultados e os fatores a serem melhorados.

Não tenha pressa

No momento atual, existem muitos influentes que podem mudar a rotina. Por isso, é importante que não se tenha pressa em observar resultados e que exista uma valorização dos pequenos avanços.

Ofereça o seu melhor, mas não tente dar conta de tudo o tempo todo. O importante é manter o afeto, o carinho e a disposição para aprender, em parceria com a criança, como extrair algo de positivo desse período tão conturbado.

Portanto, é preciso destacar que mesmo com os aspectos negativos do isolamento social, é possível se reinventar a fim de favorecer o desenvolvimento infantil. Para isso, é importante contar com o apoio da escola e dos educadores, de modo que orientem os pais sobre como agirem nessa situação.

Quer saber mais sobre a educação e as relações entre pais e filhos? Então curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos conteúdos que disponibilizamos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.