Não é de hoje que se discute sobre a necessidade de aprender na prática, mas você sabe como isso pode ser aplicado ao aprendizado formal do seu filho? Não? Neste post você vai entender o que é e como funciona o laboratório escolar, ferramenta que aproxima conteúdo programático da vida dos alunos, tanto no Nível Fundamental quanto no Ensino Médio.

O objetivo é mostrar qual a sua importância — cuja aula prática ajuda na fixação da teoria multidisciplinar, no desenvolvimento de senso crítico e na habilidade de trabalhar em grupo — e revelar por que esse deve ser um fator a considerar na escolha da escola.

Comece a leitura agora mesmo e tire todas as dúvidas sobre o tema!

Qual é a importância do laboratório escolar para os estudantes?

Em uma instituição de ensino, o laboratório estudantil está ligado ao conceito de aula prática, na qual os jovens podem utilizar equipamentos e materiais sob supervisão do professor, com atendimento personalizado. A proposta é aprender por meio da experiência, sendo possível testar diferentes caminhos e fórmulas que levem a uma lei científica.

Considerada uma metodologia de trabalho ativa, a aula prática implica, necessariamente, a relação entre os conceitos e a experimentação e tem como consequência testar conteúdos vistos em sala previamente.

Normalmente, a ideia é apresentar um conteúdo teórico ao aluno e, depois, mostrar como a temática se relaciona a uma experiência prática. Mas o laboratório oferece outras possibilidades aos estudantes, pois fazer parte dessa atividade transforma a relação de aprendizado e desperta a curiosidade na infância e na adolescência.

Nesse sentido, o professor deve mediar os alunos no processo de investigação, levando para a turma assuntos que, ao mesmo tempo, dialoguem com o currículo pedagógico e tenham uma relação direta com a vida dos jovens. Ao final, espera-se que os estudantes se tornem mais críticos ao aprender um assunto, questionando-se sobre a relação entre causa e consequência.

Quais os principais benefícios das aulas práticas em laboratório?

Até o momento, você entendeu o que é e como o laboratório escolar é importante na formação dos jovens. Contudo, resta uma questão: como ele impacta diretamente a vida estudantil? Para responder à questão, é possível afirmar que a aula prática ajuda a fixar conteúdo multidisciplinar e a desenvolver o senso crítico e a capacidade de trabalhar em grupo. Veja abaixo alguns benefícios:

Aprender a teoria na prática

Um dos principais benefícios do laboratório escolar é aplicar a teoria estudada, fazendo com que os jovens testem conceitos e formulem ideias sobre determinado assunto. Por isso, o espaço geralmente é utilizado por disciplinas como Biologia e Matemática, mas também pode ser útil para outras áreas do conhecimento.

Ter experiência multidisciplinar

O ensino multidisciplinar é uma tendência na educação brasileira e requer que conteúdos de diferentes áreas do conhecimento se articulem. Da mesma forma, o laboratório escolar contribui para a formação interdisciplinar, uma vez que consegue articular noções de ciências humanas, exatas e de saúde.

Apesar de tradicionalmente o laboratório ser usado por professores de ciências, o espaço pode testar conceitos de disciplinas como Geografia, com testes sobre a formação rochosa, tipos de solo e vegetação.

História também é uma área do saber com aplicação no laboratório estudantil, já que tende a ter conteúdos mais abstratos, a partir de eventos e datas importantes. O professor da matéria pode promover investigação de campo e reunir os estudantes em grupo na aula prática.

Garantir a fixação do conteúdo

Boa parte do conteúdo trabalhado em sala tende a se basear em conceitos abstratos e, devido a isso, as aulas práticas conseguem aproximar ideias e alunos por meio do laboratório. No local, é possível experimentar os assuntos vistos anteriormente com o professor, formulando e testando hipóteses para chegar a uma conclusão adequada.

O método pode trabalhar com uma situação-problema, exemplificando o tema a ser investigado no laboratório. O efeito dessa prática ocorre na fixação do conteúdo, que deixa de ser visto pelo jovem como algo distante para se tornar útil no contato dele com o mundo físico e suas emoções.

Desenvolver o senso crítico

Igualmente, aulas em laboratório estão alinhadas a habilidades requeridas na Base Nacional Comum Curricular, documento que estabelece diretrizes para programas pedagógicos no país.

De acordo com a Base, estudantes devem desenvolver o senso crítico e o raciocínio científico, baseando-se em objetivos e hipóteses que tentam responder à determinada questão ou temática disciplinar.

Com essa guinada, o jovem percebe que os estudos não se resumem a decorar regras isoladamente, mas, sim, aprender informações que transformam a relação dele com o mundo e com os “outros”.

Aprender a trabalhar em equipe

Por fim, laboratórios estudantis impulsionam a socialização na escola e são uma ótima ferramenta para desenvolver habilidade de trabalhar em grupo e a capacidade de liderança focada em resultado concreto.

Como o local dispõe de vários equipamentos (a exemplo de tubos de experimento e instrumentos microscópios), cada aluno pode ficar responsável por uma etapa da investigação, entendendo a importância de distribuir funções a fim de concluir uma tarefa na companhia dos colegas e sob a supervisão de um tutor.

Por isso, o laboratório impacta, também, o desenvolvimento afetivo da turma, por meio de discussões estimulantes em grupo e capacidade de ser afetado pelo ambiente no qual se está. Estudantes conseguem aprender fazendo, integrar-se com o meio e expandir a visão científica sobre os fenômenos, anteriormente sistematizados em sala.

Em Belo Horizonte, o Colégio Arnaldo é referência em aprendizado com aulas práticas. A instituição tradicional, que conta com duas unidades na capital mineira, investe em laboratório escolar e conteúdo multidisciplinar, dinamizando o método pedagógico desde o Nível Fundamental até o Ensino Médio.

Neste conteúdo, você aprendeu por que é importante construir conhecimento na prática com aulas em laboratório escolar. O método traz diversos benefícios para o jovem, desde o desenvolvimento de senso crítico até a habilidade de trabalhar em equipe, passando pela fixação do conteúdo programático.

Agora que você sabe qual a importância do laboratório escolar para o aprendizado do seu filho no ensino formal, entre em contato com o Colégio Arnaldo — nas unidades Funcionários e Anchieta — e saiba como transformar a educação de quem você ama!

Powered by Rock Convert