Assim como muitos adultos, a maioria das crianças tem uma certa resistência a mudanças. Por isso, é preciso muita delicadeza e observação para perceber qual é o momento certo de mudar de escola, de modo que essa transição seja realmente benéfica para o seu filho. Mas afinal, como podemos saber se é a hora ideal de dar esse passo?

Muitas vezes, mesmo uma ótima instituição pode não ser o ambiente ideal para a sua criança. Muitos fatores podem contribuir para isso, e reconhecer os sinais é algo fundamental para agir o quanto antes e não prejudicar o desempenho acadêmico dos pequenos e, quem sabe, até mesmo a saúde psicológica das crianças e adolescentes.

Pensando nisso, elaboramos uma lista com alguns pontos que devem ser observados e levados em consideração para a tomada dessa decisão tão importante. Com essas dicas, ficará muito mais fácil saber se é a hora de procurar um novo colégio para o seu filho. Boa leitura!

1. Desânimo

Crianças diferentes não têm, evidentemente, uma personalidade idêntica. No entanto, uma característica é inerente a praticamente todos nós durante a infância: o encantamento pela vida e pelas novidades e surpresas que o dia a dia nos reserva.

Mesmo para crianças mais caseiras, o ambiente escolar é um local de descobertas e aquisição de conhecimento. É, também, onde muitas amizades se formam, sendo um dos principais cenários de interação social da criançada durante essa fase da vida.

Por isso, se você observar um certo desânimo do seu filho com a escola, esse pode ser um bom indicativo de que pode ser a hora de fazer uma mudança. O ambiente escolar deve ser atraente e intrigante para os jovens alunos, aumentando a motivação da classe e fazendo com que o desempenho de todos seja muito melhor.

2. Ausência de atividades variadas

Uma das razões para o desencanto com a escola e o desânimo geral pode ser a falta de atividades extracurriculares. Sabemos que, cada vez mais, os jovens são altamente estimulados, seja por meio da tecnologia, seja pelos ambientes em que estão inseridos.

Com isso, tornou-se muito mais difícil captar a atenção das gerações mais recentes. Investir, portanto, em atividades diversificadas é uma estratégia imprescindível para que as escolas mantenham os seus estudantes interessados e participativos no ambiente escolar.

Aulas variadas, como teatro, música, informática e esportes, podem e devem fazer parte do currículo escolar. Assim, os estímulos vêm por várias frentes e as crianças aprendem muito mais por meio de atividades lúdicas e interessantes, que complementam muito bem o dia a dia de ensino.

3. Situações de bullying e isolamento

O bullying é, infelizmente, um problema muito recorrente em muitas escolas ao redor de todo o mundo. Esse tipo de ocorrência pode trazer consequências devastadoras para a saúde emocional e para a autoestima das crianças.

Quando uma situação de bullying é identificada, toda a equipe da instituição de ensino precisa agir para evitar que o problema se agrave. Além disso, é preciso prestar o devido apoio a todas as partes envolvidas. O mesmo vale para o isolamento de um determinado aluno. No entanto, muitas vezes, não há uma boa mobilização por parte do colégio para prevenir e remediar esses casos.

Nesse momento, é hora de trocar o seu filho de escola. Buscar uma instituição de ensino que tenha responsabilidade e comprometimento com a saúde emocional de todos os alunos e que ensine valores, como a empatia e o respeito, é algo fundamental.

4. Baixo rendimento

Outro fator de alerta para os pais é referente ao rendimento de seus filhos na escola. Embora períodos de oscilação sejam perfeitamente normais, um rendimento que permanece baixo por muito tempo é motivo de atenção.

Além da duração do problema com as notas e com o aprendizado, é importante observar o número de matérias que geram esse tipo de situação. Dificuldades são comuns, mas problemas em várias disciplinas (inclusive em algumas em que o aluno costumava ir bem anteriormente) devem ser analisadas.

Vários fatores podem contribuir para um rendimento baixo ou para a queda nas avaliações. Investigá-los é algo fundamental, mas muitas vezes buscar uma nova proposta pedagógica, com profissionais realmente preparados, pode ser o suficiente para resolver a situação.

5. Dificuldade de comunicação com a escola

Um dos principais fatores para o sucesso de uma criança ou adolescente na escola é a participação ativa da família na educação desses indivíduos. Pais e outros responsáveis têm uma grande importância no dia a dia escolar dos estudantes, seja participando de reuniões, seja auxiliando os pequenos nas tarefas de casa.

No entanto, para isso, é fundamental que uma comunicação eficaz seja estabelecida entre os responsáveis e a instituição de ensino. Para tal, os dois lados precisam estar abertos e dispostos a dialogar.

Quando os familiares têm o interesse e o colégio não disponibiliza as oportunidades para tornar a conversa possível, é um sinal de que algo pode estar errado. Afinal, a comunicação e a transparência são alguns dos pilares de um bom relacionamento.

6. Desencontro de valores entre a família e o colégio

Por fim, precisamos conversar sobre um aspecto muito importante e que deve ser levado em consideração na hora de mudar ou não uma criança de escola: os valores da instituição em questão.

Além de uma boa comunicação, é fundamental que o colégio tenha uma boa proposta pedagógica, voltada para o ensinamento de bons valores aos alunos. Entre eles, podemos citar o respeito, a empatia, o amor ao próximo e a valorização da diversidade na sociedade, sem preconceitos.

Caso a escola de seu filho não esteja em sinergia com os valores que são passados à criança no âmbito familiar, talvez seja a hora de procurar um colégio que fale a mesma língua que você e o ajude na educação de seu bem mais precioso de forma mais completa e abrangente.

Como podemos observar, muitos fatores podem contribuir e ser indicativos de que é a hora certa para uma criança mudar de escola. Agora que você já conhece alguns dos sinais mais importantes, tente observá-los em seu filho. Caso note um ou mais deles, considere a matrícula em outro colégio, independentemente de estarmos no meio ou no começo do ano letivo!

O Colégio Arnaldo é uma escola voltada completamente para o bem-estar e a qualidade de vida dos alunos e de seus responsáveis, sem deixar de lado o ensino de excelência. Para mais informações sobre os nossos valores e propostas pedagógicas, acesse nosso site oficial!

Powered by Rock Convert