No dia a dia das nossas crianças, o acesso à educação formal é muito importante, tanto que a partir de 4 (quatro) anos de idade é obrigatório por lei a matrícula na Educação Básica de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e reafirmado na Lei nº 12.796, que se aplica na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – 9394/96.

Os primeiros grupos sociais que as crianças aprendem a estabelecer vínculos são família e escola, que são base primordial da formação humana.  Os papéis dessas duas entidades divergem em suas especificidades, mas se completam ao longo do desenvolvimento 

Nos lares, as crianças vivem uma vida privada, de intimidade, manutenção de relações afetivas estabelecidas e segurança: pai, mãe, irmão, filho, avós etc. Na escola, as possibilidades se abrem para a coletividade, para estabelecer novos vínculos de afeto e aprendizagem formal.  A coletividade propicia a formação cidadã democrática, advinda de bases legais que pautam matrizes de habilidades a serem construídas ao longo da Educação Básica. A família, tem papel integral neste desenvolvimento do aprendizado, com a educação moral e ética dos estudantes.

 No isolamento social, o que se transformou? Pais serão os professores?

A resposta é: Não! Os papéis continuam sendo os mesmos.

A escola continua tendo como objetivo oferecer recursos para o desenvolvimento integral do aluno no âmbito do ensino e aprendizagem.  O auxílio das famílias, como facilitador no processo de ensino, orientando o acesso e a realização das atividades, é de extrema importância, nesta situação, para as nossas crianças. Todos sabemos dos desafios da educação remota. Não vamos permitir que este momento complexo nos confunda quanto aos nossos papeis enquanto pais e educadores.

 Dúvidas das crianças, como tirá-las?

Por meio da plataforma Google ClassRoom, as dúvidas devem ser postadas nos murais das salas virtuais, onde serão esclarecidas pelos professores online e/ou posteriormente, caso a família não acesse no momento das aulas. Os professores estarão online no horário enviado para as famílias.

Contamos sempre com a parceria família/escola neste processo para vencermos juntos mais este desafio.

Texto da Drielen, Orientadora Educacional da Educação Infantil e Ens. Fundamental, anos inicias, do Colégio Arnaldo.

Powered by Rock Convert