O contato com a natureza revigora o corpo e aumenta a relação familiar. Quem não quer se desligar da correria da cidade e aproveitar espaços ao ar livre com os filhos? A resposta parece unânime, apesar de nem sempre se saber o que fazer na capital mineira. Mas não se preocupe: este texto reúne os principais parques em BH!

A seguir, delicie-se com um incrível roteiro de lazer em Belo Horizonte, desde lugares mais remotos para quem curte aventura a mil metros de altitude até locais bucólicos para realizar um piquenique no fim de semana.

Prepare-se para conhecer melhor a história, as características e as possibilidades de programas nos parques da Serra do Curral, Primeiro de Maio, Municipal, Jacques Cousteau, Jardim Botânico da UFMG e Conjunto Estrela Dalva. Comece a leitura e descubra muitas opções saudáveis para entretenimento com os filhos na capital!

Por que aproveitar espaços comuns com a família?

A rotina pode ser estressante tanto para os pais quanto para os filhos. É preciso assumir e cumprir várias responsabilidades ao longo da semana, o que pode desencadear problemas de saúde e diminuir a interação social.

No entanto, para reverter o quadro, apostar em saídas ao ar livre com as crianças é uma sugestão interessante. Espaços comuns ampliam o leque de atividades para fazer ao lado dos pequenos, que se sentem mais livres ao brincar nos bosques e jardins da cidade.

Uma dica é conversar com a garotada e preparar vários programas para explorar o lugar onde mora. Juntos, vocês podem curtir o pôr do sol em uma tarde ou inventar joguinhos para a criança aprender brincando. Não há limites para a criatividade!

Quais são os principais parques de BH para conhecer?

Você já sabe por que é importante curtir momentos ao ar livre com a família, especialmente ao lado das crianças. Porém, quais opções há em Belo Horizonte? Para responder a essa pergunta, reunimos uma lista com 6 atrações imperdíveis em todas as regiões da capital mineira, da zona oeste à leste, passando pelo Centro e pela zona norte.

1. Parque Ecológico Primeiro de Maio

O roteiro começa pela região norte da capital. Esse parque leva o nome do bairro em que fica localizado, o Primeiro de Maio, e fica situado na delicada Rua Penélope, número 190, em uma área superior a 30 metros quadrados.

O que antes era um espaço baldio foi transformado em um amplo local com quadra poliesportiva, playground para crianças, pista de caminhada, mesa de jogos e equipamentos de ginástica. Além disso, é possível observar a riqueza da fauna e da flora nacional e apreciar as nascentes e córregos.

2. Parque Municipal

Localizado na Avenida dos Bandeirantes, o Parque Municipal Juscelino Kubitschek é divertido e indicado para todas as idades. No bairro do Comiteco, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, o espaço oferece brinquedos, observação de aves e espécies ornamentais, equipamentos de ginástica, pista de caminhada e até quadra de futebol.

Após as atividades, você pode descansar com os pequenos na ampla área de convivência. O Parque do Acaba Mundo, como também é conhecido, foi fundado em 1990 e tem 28 mil metros quadrados aproximadamente.

3. Parque Jacques Cousteau

Deixando o Centro em direção à zona Oeste, na altura da Rua Augusto José dos Santos, 366, chegamos ao Parque Jacques Cousteau. Com trilhas ecológicas, brinquedos para as crianças e academia para os adultos, essa opção é incrível para dias ensolarados.

A atração foi fundada em 1971 e ocupa uma região de 335 mil metros quadrados, dos quais 80% está coberta por vegetação. Fora isso, é possível observar saracuras, cuícas, micos-estrela, esquilos-caxinguelê, gambás e outros animais. Ao visitar, fique de olho no funcionamento: de terça a domingo, das 8h às 18h.

4. Parque da Serra do Curral

Em Mangabeiras, está o Parque Municipal da Serra do Curral, uma indicação especial para quem curte imersão na natureza. Você pode levar os pequenos até o endereço da Avenida José do Patrocínio Pontes, número 1951, e fazer uma série de trilhas leves, passear pelas praças e ter uma visão deslumbrante da região nos mirantes.

Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o parque foi eleito pelos moradores de BH como símbolo da cidade nos anos 1990. Não por menos: o local é histórico e servia de referência para viajantes no período da colonização. Com altitude média de 1.200 metros, o espaço é vital para inúmeras espécies animais e vegetais e está inserido nas bacias do Arrudas e do Córrego da Serra.

5. Jardim Botânico da UFMG

Chegando à zona leste de Belo Horizonte (mais precisamente, à Rua Gustavo da Silveira, 1035), está o Jardim Botânico e o Museu de História Natural da Universidade Federal de Minas Gerais. O espaço é uma maravilha para ver espécies vegetais nativas da mata atlântica e outras plantas exóticas que se adaptaram à flora nacional.

Além disso, o local conta com lagoa, viveiro e jardim sensorial, enquanto o museu tem um acervo com 150 mil peças. O horário de funcionamento é de quarta a domingo, das 10h às 17h.

6. Parque Municipal do Conjunto Estrela Dalva

Por fim, voltando à zona Leste, o nosso roteiro termina na Avenida Costa do Marfim, 400, no bairro Estrela Dalva, onde está o Parque Municipal de mesmo nome. Funcionando de terça a domingo (das 8h às 18h), o espaço existe desde 2002 em uma área de 12 mil metros quadrados com playground e jardins extensos. Vai perder essa oportunidade para contemplar árvores como os ipês, o pau-brasil e o flamboyant?

Neste texto, você percebeu que lugares ao ar livre são uma ótima opção para curtir bons momentos ao lado de quem se ama. Em Belo Horizonte, há parques espalhados por todas as regiões da cidade, desde o Jacques Cousteau até a Serra do Curral, passando pelo espaço verde do Museu de História Natural. O que não faltam são opções divertidas!

Viu como é importante sair com a família para espaços abertos e já está pensando na próxima aventura pelos parques de BH, não é mesmo? Incentive outros pais e filhos a fazerem o mesmo: compartilhe este texto nas suas redes sociais!