pressão pré-vestibular

Pressão pré-vestibular: como ajudar os adolescentes nesse período?

Muitos alunos que estão se preparando para ingressar em um curso superior sentem a comum pressão pré-vestibular. Mesmo assim, isso pode acabar afetando e prejudicando o desempenho no momento da prova. 

Para amenizar a situação, o indicado é que os pais apoiem o estudante e busquem maneiras de auxiliá-lo a passar por essa fase de maneira mais tranquila. Escolher um bom colégio particular, que ofereça metodologia inovadora e professores bem qualificados, por exemplo, pode ser uma solução nesses casos em que o estresse e a ansiedade afetam a rotina de estudo.

Acompanhe a seguir e entenda como é possível ajudar os alunos a passarem pela pressão pré-vestibular da melhor forma. Confira!

Por que a pressão pré-vestibular ocorre?

A pressão pré-vestibular pode ocorrer por uma série de motivos. Os pais e a própria escola, por exemplo, podem acabar pressionando o aluno a ter bons resultados na avaliação, no entanto, isso pode contribuir para o estresse e para a ansiedade nos estudos. 

Como essa fase exige bastante dedicação e empenho do estudante, sua saúde mental pode ser afetada significativamente. Por isso, é fundamental incentivar o seu filho a ter hábitos mais saudáveis, como uma alimentação equilibrada e momentos de lazer para descontrair e se sentir mais relaxado. 

A pressão por escolher uma profissão também contribui para a tensão pré-exame, mas isso pode ser revertido com organização e um cronograma com horários bem delimitados para cumprir cada atividade. A quantidade de disciplinas e conteúdos cobrados na prova é outro fator que afeta o desempenho no processo de aprendizagem.

A dificuldade em determinadas matérias e áreas do conhecimento, por exemplo, pode deixar os jovens ainda mais tensos. Por isso, é essencial que a família e a escola ofereça apoio e o suporte necessário para que o aluno siga com os estudos da melhor forma possível, sem que a produtividade e o rendimento sejam impactados negativamente.

Como ajudar os estudantes nesse período?

O período que antecede a aplicação do vestibular de fato gera bastante tensão entre os candidatos. São inúmeras as preocupações e os motivos que levam os estudantes a um elevado grau de estresse e ansiedade. Por isso, é fundamental que a escola seja um local de apoio, ao qual possam recorrer em casos de necessidade. 

Os pais também devem fazer um esforço para compreender esse momento tão único na vida de seus filhos. Alguns familiares, por exemplo, podem cobrar o aluno em excesso, sem entender suas razões. É preciso, por outro lado, contribuir com a rotina de estudos e dar suporte para que o discente se sinta mais tranquilo para atravessar essa fase.

Acompanhe a seguir e veja o que pode ser feito para auxiliar o estudante no período pré-vestibular da melhor forma.

Evite cobranças em excesso

Tudo o que o aluno não precisa nesse momento é se sentir ainda mais pressionado, por isso, evite ao máximo fazer cobranças ou pedir explicações se ele está conseguindo se dedicar todos os dias. Nesse caso, é importante que a família acompanhe se o discente está indo bem, mas não é necessário cobrar justificativas.

Caso perceba que ele está tendo dificuldades frequentes em alguma disciplina ou conteúdo, se ofereça para ajudar e, se possível, marque aulas de reforço para tirar dúvidas. É importante que o estudante se sinta acolhido, e não mais tenso com a situação. 

Conte com o apoio da escola

Toda escola tem o dever pedagógico de apoiar os alunos nessa fase em que estão saindo do ensino médio e ingressando na faculdade. Algumas instituições oferecem atividades extracurriculares e professores de plantão para ajudar os estudantes a resolverem demandas relacionadas ao vestibular.

O colégio também deve se preocupar com a qualidade das aulas e do ensino ofertado, pois é o futuro de seus discentes que está em jogo. Por isso a relevância de escolher uma escola de excelência, que dê orientação nessa fase tão importante da vida do jovem.

Evite comparações com outros adolescentes

Evite ao máximo comparar o seu filho com outros adolescentes, pois isso contribui para o aumento da tensão e ansiedade. Ele pode passar a se sentir inferior por não dar conta de toda a rotina de estudos, o que pode piorar ainda mais a situação e tornar seu desempenho baixo.

Por outro lado, você pode elogiá-lo e comemorar pequenas conquistas quando achar necessário. Com isso, o seu filho pode se sentir mais motivado a continuar com o cronograma até o dia da avaliação, sabendo que seus pais se preocupam com o seu bem-estar e com sua felicidade.

Passe dicas de organização

Muitas vezes, a tensão pré-vestibular surge justamente porque o aluno não conhece macetes e métodos de organização para estudar. Para isso, é importante orientá-lo e passar dicas eficientes para que os estudos rendam mais, em menos tempo.

A técnica Pomodoro, por exemplo, é ideal para esse momento. O discente deve cronometrar o tempo que passa se dedicando e fazer pequenas pausas, a cada 25 minutos de estudo. Outra dica é evitar ao máximo utilizar o celular ou outros aparelhos que possam distrair o aluno nos horários reservados para aprender os diferentes conteúdos.

Entenda suas principais dificuldades de aprendizagem

É muito comum que o baixo rendimento nos estudos aconteça por conta de dificuldades de aprendizagem. Assim, converse sempre que possível com o seu filho para entender se ele tem dúvidas específicas e se existe a necessidade de contar com um cursinho ou um professor particular para ajudar. 

Muitas vezes, a ansiedade surge porque ele não consegue resolver atividades sozinho ou acompanhar adequadamente as aulas de uma determinada matéria. Quando o discente percebe que pode contar com o auxílio de seus entes, fica mais simples superar os desafios e se dedicar com mais empenho.

A pressão pré-vestibular pode ser, de fato, um momento bastante estressante para o estudante que está se preparando para a avaliação. É fundamental que a família e a escola apoiem o aluno nesse momento, pois assim ele se sentirá mais tranquilo para a prova e também para dar seguimento à rotina de estudos. 

Gostou do conteúdo? Aproveite a visita e entre em contato com a equipe do Colégio Arnaldo para descobrir como podemos ajudar o seu filho nessa fase da vida acadêmica!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.