Resolução de problemas: quais os benefícios para o desenvolvimento da criança?

Todas as pessoas precisam lidar com a resolução de problemas em seu cotidiano — engana-se quem pensa que isso é exclusividade dos adultos. Por mais que as questões infantis pareçam simples, para os pequenos elas podem ser muito complexas.

Para conseguir lidar com os desafios da vida, ter um bom desenvolvimento e garantir o aprendizado na infância, é essencial que a família e a escola tenham métodos eficazes para o ensino. Por isso, é importante que a educação considere não só os aspectos teóricos, mas também as questões práticas.

Quer entender mais sobre quais os benefícios e como é possível desenvolver a habilidade de resolução de problemas nas crianças? Então continue a leitura e confira as dicas que preparamos!

O que é a resolução de problemas para crianças?

Como dissemos, a resolução de problemas faz parte do cotidiano de todas as pessoas. Pode-se definir como a capacidade de encontrar soluções para diversas situações, desde as mais simples até as mais complexas.

Na escola, isso aparece desde a educação infantil, por exemplo, na hora de dividir o lanche, de separar os grupos e as funções para as brincadeiras, de distribuir os materiais para atividades etc. Nesse sentido, é importante que os problemas escolares não sejam considerados apenas um exercício de matemática que só acontece no ensino fundamental.

A capacidade de lidar com essas questões de forma prática é muito importante para as crianças e pode ser estimulada de maneira lúdica — por meio de jogos e brincadeiras, além de reflexões cotidianas. Na infância, é importante que o raciocínio lógico seja incentivado de forma prática, de maneira que as soluções possam ser usadas na rotina.

Qual a importância de estimular a resolução de problemas na infância?

Além de aprender a lidar melhor com a matemática, uma boa metodologia de resolução de problemas na educação infantil pode ajudar as crianças a desenvolverem diferentes habilidades, que são muito importantes em sua formação. Conheça alguns dos benefícios.

Desenvolvimento cognitivo

O pensamento matemático é muito importante para o bom desenvolvimento cognitivo das crianças. Trata-se de um complexo sistema cerebral que define a forma como as pessoas aprendem e como utilizam os seus conhecimentos. Assim, é importante que existam diferentes estímulos, para que as crianças consigam adquirir habilidades.

Nesse sentido, o desenvolvimento cognitivo engloba o raciocínio lógico, a memória, a concentração, a criatividade, entre outras capacidades fundamentais para o aprendizado. Atividades lúdicas de resolução de problemas para as crianças são importantes para que elas construam a base para a sua formação. Com isso, poderão ser observados muitos benefícios.

Maior autonomia

Ao aprender a resolver os problemas na prática cotidiana ou por meio de atividades e brincadeiras, as crianças se tornam mais autônomas. Elas desenvolvem a capacidade de encontrar soluções para as diversas situações e também o pensamento crítico, o que faz com que se tornem menos dependentes dos adultos.

Da mesma forma, quando existe esse estímulo, a criança pode ter maior interesse pelas atividades escolares, pois ela se torna protagonista na sua formação. Isso porque ela vivencia as situações que aprende. Assim, é possível estabelecer um hábito de estudos, o que é muito importante para o seu desenvolvimento intelectual.

Integração entre os colegas

As atividades matemáticas podem ser muito integradoras se forem bem-exploradas. Para isso, é importante que os adultos aproveitem as situações cotidianas para mostrarem como a resolução de problemas está presente. É possível, por exemplo, contar com os pequenos quantos pratos precisam ser colocados à mesa para que todos comam e não sobre nenhum utensílio.

Além disso, os jogos são muito importantes para o aprendizado e precisam ser feitos em equipe. Assim, as crianças aprendem a cooperar entre si, percebem a importância de cada membro para que uma atividade aconteça bem e desenvolvem o senso de coletividade e de liderança. Essas habilidades são muito importantes para a fase escolar e também para o futuro profissional.

Como a escola pode ajudar a desenvolver essa habilidade?

A resolução de problemas pode ser incentivada em casa, mas é fundamental que também seja um compromisso da escola. A instituição pode fazer isso de várias maneiras criativas e atraentes, para melhorar o aprendizado dos pequenos. Veja a seguir alguns exemplos:

Jogos e brincadeiras

É possível fazer vários jogos e brincadeiras que incentivem o raciocínio lógico e a tomada de decisões. Os educadores também podem trabalhar com situações-problema no dia a dia, além de mostrarem como é preciso pensar em questões práticas na rotina escolar.

Vale ressaltar que tudo precisa ser feito de forma lúdica, sem a notação numérica. O interessante é que os pequenos exercitem a representação das quantidades e pensem em solucionar questões práticas, não que aprendam a fazer contas antes do tempo certo.

Tecnologia

Outra grande aliada do desenvolvimento das crianças é a tecnologia. É muito importante que a escola conte com bons recursos tecnológicos, que estimulem o desenvolvimento das habilidades do pensamento.

Nesse sentido, é fundamental contar com uma boa metodologia de ensino, para que as ferramentas sejam exploradas de maneira efetiva e as crianças consigam aprender mais e melhor.

Investigação

Para conseguir bons resultados, é preciso que o ensino seja centrado no aluno, e não no professor. Ou seja, os estudantes é que precisam ser motivados a perguntarem, investigarem e questionarem, para que se apropriem dos problemas estudados. Nesse sentido, a atuação do professor é de orientador e mediador.

Assim, a participação da criança deve ser valorizada, para que ela perceba que as suas contribuições são importantes para a aula. Os alunos precisam sentir que fazem parte de um grupo que investiga sobre um problema, para encontrar coletivamente a melhor solução.

Como você pôde perceber, a resolução de problemas é muito importante para o bom desenvolvimento das crianças. Por isso, a família e a escola precisam garantir que essa habilidade seja estimulada, o que traz grandes benefícios aos jovens, que se estendem até a sua vida adulta.

Se você gostou das informações e quer acompanhar mais posts como este, assine agora mesmo a nossa newsletter para receber tudo em seu e-mail!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.