sala de aula invertida

7 benefícios que a sala de aula invertida proporciona aos alunos

A sala de aula invertida, também chamada de flipped classrom, é um exemplo de metodologia ativa de aprendizagem, ou seja, com maior participação dos alunos. É uma forte aposta para a modernização do ensino, pois conta com características inovadoras, com maior potencial de despertar o interesse do estudante e favorecer o seu desenvolvimento.

Essa proposta concilia atividades online e offline para aprofundar os conhecimentos escolares. Por isso, faz parte do conceito de ensino híbrido. Seu formato permite maior aproximação com os gostos do estudante e usa recursos mais dinâmicos, como jogos, fóruns, podcasts etc.

A ideia é que o aluno tenha um contato prévio com o material a ser estudado. A aula é conduzida a partir das dúvidas, percepções e relações feitas pela turma. O professor conduz a conversa e apresenta conteúdos complementares para garantir a compreensão.

Neste post, você verá os 7 maiores benefícios dessa proposta pedagógica para os estudantes. Boa leitura!

1. Maior autonomia do estudante

Uma característica marcante das metodologias ativas de aprendizagem é o ensino focado no estudante. Assim, ele tem maior autonomia em seu processo de desenvolvimento, o que contribui com o desempenho escolar.

Na sala de aula invertida existe o protagonismo do aluno, pois, como mencionamos, a discussão acontece a partir das suas percepções. Por esse motivo é que se considera uma inversão do modelo tradicional de ensino, que é centrado no professor. O aluno também pode respeitar o seu próprio ritmo de estudos.

Da mesma maneira, os formatos de apresentação dos conteúdos mais dinâmicos favorecem os diferentes tipos de aprendizagem. Isso porque o estudante conta com estímulos distintos e pode explorar aqueles com os quais tem maior afinidade, sem deixar de ter contato com os materiais tradicionais.

2. Mais interesse nas aulas

Uma metodologia de ensino mais moderna ajuda a despertar o interesse do estudante e melhorar o seu engajamento nas aulas. Além disso, a possibilidade de se preparar previamente traz maior confiança. Como resultado, mesmo os alunos mais tímidos se sentem à vontade para participarem das discussões.

Essa proposta também pode oferecer mais segurança aos estudantes para pedirem novas explicações ou outros materiais de estudos. Eles passam a se envolver mais com os conteúdos das aulas e adquirem o hábito de buscarem pelo conhecimento. Para que esses benefícios sejam observados, as aulas precisam ser acolhedoras e livres de julgamentos

3. Melhora na aprendizagem

Vários fatores colaboram para que a aprendizagem seja consolidada com a sala de aula invertida. Com alunos autônomos e interessados, a tendência é que haja a melhoria no aprendizado. Além disso, o contato prévio com os materiais de estudo permite que os momentos em turma sejam aprofundados.

O aluno pode conhecer mais sobre o assunto no seu próprio tempo, mas ainda conta com o apoio do professor e dos colegas para adquirir novas ideias a respeito daquele assunto, sanar as dúvidas e buscar significados para o aprendizado em suas próprias vivências.

4. Personalização da aprendizagem

Uma tendência da educação do século 21 é a personalização da aprendizagem. Ela é fundamental por considerar a individualidade do estudante, além de permitir ações de educação inclusiva que sejam efetivas. Com isso, é possível obter maior equilíbrio no processo de ensino-aprendizagem.

Nesse contexto, o professor tem melhores condições de oferecer um bom ensino aos estudantes com diferentes personalidades e habilidades, de maneira a aproveitar essas diferenças para que toda a turma consiga aprender ainda mais.

5. Otimização do tempo

Como são muitos conteúdos a serem aprendidos durante a jornada escolar, a otimização do tempo é um desafio para os educadores. As tecnologias podem contribuir muito para reverter essa dificuldade, mas elas são pouco eficazes se não estiverem alicerçadas em metodologias de ensino bem elaboradas e condizentes com a realidade da escola.

Dessa maneira, a sala de aula invertida é uma excelente estratégia para a otimização do tempo. Tradicionalmente, o professor precisa de algumas aulas para apresentar um conteúdo, contextualizá-lo e proporcionar uma compreensão mais completa sobre o assunto.

Nesse modelo mais inovador, os estudantes já iniciam a aula inteirados do tema e conseguem conduzir a conversa cientes do que se trata. O professor atua como mediador entre o aluno e o conhecimento, com o papel de proporcionar as condições para que ele se aprofunde cada vez mais.

6. Maior flexibilidade nas aulas

No modelo tradicional de ensino, com a necessidade de cumprir o conteúdo e preparar para as avaliações, muitas vezes é difícil fugir de aulas expositivas, o que pode ser maçante para professores e estudantes. Por outro lado, a metodologia ativa em questão abre novas possibilidades para estratégias pedagógicas que tornam as aulas atraentes, divertidas e estimulantes.

As diferentes formas de conhecer os conteúdos podem ser exploradas conforme as características e interesses dos estudantes. Em uma turma que aprecia jogos eletrônicos, por exemplo, eles podem ser usados como recurso para a aprendizagem. As aulas de robótica e programação são boas aliadas e é ótimo que sejam realizadas atividades interdisciplinares entre elas e as demais matérias.

7. Desenvolvimento de habilidades

Atualmente, se reconhece a importância de desenvolver as habilidades dos estudantes. Com isso, eles saem da escola mais bem preparados para o mercado de trabalho e para lidarem com os desafios que surgirão. As propostas de educação inovadora ajudam nesse objetivo, pois encorajam uma postura mais proativa dos alunos.

Dessa maneira, com a responsabilidade de analisarem os materiais fora da escola e o incentivo à participação nas aulas, os estudantes desenvolvem colaboração, criatividade e resolução de problemas. As discussões e as ideias que surgem a partir do diálogo entre colegas e professor incentivam o senso crítico, essencial para a educação nos dias atuais.

Portanto, a sala de aula invertida é uma excelente alternativa para desenvolver uma educação mais atraente, que aproveita os benefícios da tecnologia para a aprendizagem. A preparação dos conteúdos é feita com rigor e boa didática, o que estimula o envolvimento dos alunos e proporciona os benefícios dessa metodologia de ensino.

Viu como a forma de ensinar faz toda a diferença na aprendizagem dos estudantes? Saiba também qual a importância de escolher um colégio que ofereça uma boa experiência em sala de aula.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.