síndrome do pensamento acelerado

O que é a Síndrome do Pensamento Acelerado e como atinge as crianças?

Desde o momento em que acordamos, já começamos a ser bombardeados com informações. Permanecemos “ligados” até a hora de dormir, o que muitas vezes resulta em dificuldade para pegar no sono. A quantidade excessiva de pensamentos em nossa mente a todo tempo pode levar ao desenvolvimento da Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA).

Agora, engana-se quem pensa que somente os adultos passam por isso: cada vez mais crianças e adolescentes sofrem os impactos de uma vida hiperestimulada e acelerada, o que pode levar a sintomas de ansiedade, como a irritabilidade e a dificuldade de concentração. Quer entender melhor? Então, continue a leitura!

O que é a Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA)?

Você certamente já ouviu falar no psiquiatra Augusto Cury, não é? Foi ele quem identificou a Síndrome do Pensamento Acelerado, uma alteração cognitiva em que a mente fica a todo momento cheia de pensamentos, o que dificulta a capacidade de foco e concentração.

Na SPA, o que importa não é o conteúdo dos pensamentos: mesmo que eles sejam positivos, o problema é a quantidade e a velocidade em que eles surgem na mente. Assim, as pessoas ficam o tempo todo com sobrecarga emocional, em estado de alerta e sob pressão — o que tem se tornado cada vez mais comum em crianças e adolescentes.

Veja só alguns dos principais sintomas dessa alteração:

  • taquicardia;
  • irritabilidade;
  • dificuldade de concentração;
  • cansaço excessivo;
  • mudanças de humor repentinas;
  • dificuldade de pegar no sono.

Nos pequenos, uma consequência direta desses sintomas é a queda no desempenho escolar. Além disso, a SPA também pode gerar sintomas psicossomáticos muito semelhantes aos da ansiedade, como dores de cabeça e no corpo, desconfortos gastrointestinais e queda de cabelo. 

Quais são as causas da SPA?

Para Augusto Cury, a SPA se relaciona diretamente com as causas do transtorno de ansiedade: acúmulos diários, muitas preocupações, estímulos constantes, multitarefas etc. De acordo com o psiquiatra, esse excesso de informação satura o córtex cerebral.

O resultado é, em suas palavras, “uma mente hiperpensante, agitada, com baixo nível de tolerância, impaciente e sem criatividade”. A SPA é cada vez mais comum em crianças e adolescentes justamente devido ao acesso a uma quantidade enorme de informações e estímulos.

Os pequenos ficam a todo momento ligados em alguma tela: seja na TV ou no smartphone, os conteúdos bombardeiam o cérebro com informações, tornando-o hiperestimulado. Além disso, há as preocupações do dia a dia, como a pressão pré-vestibular, no caso dos adolescentes. Por isso, é importante que os pais fiquem atentos.

Como é o tratamento da SPA?

O tratamento da SPA deve ser orientado por psicólogos ou psiquiatras. Normalmente, ele envolve a mudança de hábitos de vida, incluindo pausas nas tarefas do cotidiano, realização de exercícios físicos, atividades relaxantes etc. Além disso, os profissionais podem adotar estratégias que ajudam a manter os pensamentos mais controlados.

Para evitar essa alteração nas crianças, é importante buscar formas de reduzir o ritmo de informações e estímulos no ambiente. São exemplos:

  • controlar o tempo em frente às telas;
  • adotar uma rotina de higiene do sono;
  • priorizar a tranquilidade, evitando músicas e conversas altas;
  • planejar passeios em que haja contato com a natureza;
  • ajudá-las a desenvolver habilidades socioemocionais etc.

Além disso, é claro, a família deve estar atenta aos sinais da Síndrome do Pensamento Acelerado e, caso perceba que os pequenos estão passando por isso, buscar auxílio de profissionais especializados. Afinal, a SPA pode impactar negativamente a qualidade de vida e o desenvolvimento das crianças.

Assunto importante, concorda? Então, compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais para que mais famílias conheçam essa síndrome!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.