Os filhos pequenos aprendem sobre o mundo a cada atividade que realizam. Durante a formação da personalidade, é importante que adquiram o senso de responsabilidade e de colaboração, o que faz com que cresçam mais autônomos e empáticos. Por isso, algumas tarefas para crianças podem ser introduzidas desde os primeiros anos de vida.

Quando as crianças contribuem com as atividades domésticas e se responsabilizam pela própria bagunça, elas aprendem a cuidar melhor dos espaços em que convivem e melhoram as relações familiares. Isso acontece porque compreendem que a casa precisa ser cuidada com carinho por todas as pessoas que moram nela.

Como resultado, os benefícios se estenderão por todas as relações que os seus filhos estabelecerem ao longo da vida. Quer saber quais tarefas domésticas as crianças podem fazer de acordo com a sua idade? Continue a leitura e confira!

2 a 3 anos

Nessa faixa etária, a criança já pode guardar os brinquedos que usar, colocar as roupas sujas no cesto e, caso ainda use fraldas, jogá-las no lixo após a troca. É uma ótima fase para começar a envolvê-la nas atividades domésticas, já que é comum que ela deseje copiar tudo que os mais velhos fazem, o que torna as tarefas um momento divertido e de exploração do mundo.

É importante que todas as atividades realizadas contem com a supervisão de um adulto. Também é necessário ser muito paciente, pois a criança pode ter dificuldade no começo ou demorar muito para fazer algo que aparentemente é simples. Mas, isso é importante para o seu desenvolvimento, então, é melhor esperar que ela tente fazer as atividades com calma e só ajudar no que a criança realmente ainda não for capaz.

4 a 5 anos

Quando a criança está na fase que vai dos 4 aos 5 anos, já tem mais habilidade para guardar seus brinquedos de maneira organizada. Pode também arrumar os livros e materiais escolares caso já frequente a educação infantil. Fazer a própria cama é outra tarefa que pode ser aprendida.

Durante essa etapa do desenvolvimento, você pode mostrar para a criança a importância de limpar aquilo que sujar. Assim, ela deve aprender a recolher a comida que derrubar e devolver o que tirar do lugar.

Porém, isso não precisa ser feito como punição, pois, assim, a criança pode crescer com a sensação de que os afazeres domésticos são algo negativo. Por esse motivo, é interessante ensinar o senso de responsabilidade em vez de tratar as tarefas como um castigo.

6 a 7 anos

Nessa etapa, o seu filho já tem maturidade para uma maior participação na organização da casa, podendo arrumar o próprio quarto, varrer e tirar o pó dos móveis com pano. Também já consegue dobrar e guardar as suas roupas. Outra atividade em família que pode ser até bastante divertida para as crianças é ajudar a dar banho nos animais domésticos.

Geralmente, os pequenos começam a ter mais afazeres fora de casa ou a se encontrarem mais com os colegas para brincar. Uma dica é negociar os horários das tarefas para crianças para que elas consigam ter os momentos de recreação sem que suas responsabilidades fiquem de lado. Com isso, elas começam a aprender o gerenciamento do próprio tempo.

8 a 9 anos

Entre os 8 e 9 anos, a criança já tem mais habilidades motoras, o que a torna capaz de realizar algumas tarefas domésticas com maior segurança. Com isso, ela pode lavar a louça, preparar lanches simples (que não usem fogo ou eletricidade, como sanduíches), aspirar o pó, colocar o lixo para fora e ajudar na limpeza do quintal.

10 a 11 anos

Já mais madura, entre 10 e 11 anos a criança consegue ajudar na limpeza do carro e dos cômodos da casa, recolher as roupas do varal, participar do preparo de alguns alimentos e limpar a mesa depois das refeições. Esse é um bom momento para convidar seu filho a ajudar em algumas organizações maiores, como a faxina semanal.

12 a 13 anos

Essa é a fase da transição para a adolescência, o que traz a necessidade de um maior senso de responsabilidade. Os pré-adolescentes já conseguem preparar alguns alimentos sem supervisão, ajudar a cuidar dos irmãos mais novos, passar roupa e manter as suas coisas pessoais em ordem.

Nesse período, não é mais tão necessária a presença do adulto, pois os filhos têm autonomia para realizarem a maior parte das tarefas por conta própria.

Acima de 14 anos

A partir dos 14 anos, os adolescentes já conseguem realizar qualquer atividade doméstica sem a necessidade de supervisão. Podem também fazer algumas compras e ajudar na organização das contas da casa.

Dessa forma, se a colaboração é estimulada desde a infância, quando os filhos chegarem na adolescência, os hábitos estarão tão naturais que eles farão as atividades por conta própria. Ainda assim, caso deseje começar a estimular a colaboração com adolescentes a partir dos 14 anos, também é possível, porém, vai exigir um pouco mais de mais diálogo e paciência.

Nesse sentido, é interessante que as tarefas para crianças sejam estimuladas de maneira natural e prazerosa. É importante ser compreensivo, pois, muitas vezes, as coisas não ficarão em perfeita ordem, mas isso faz parte do desenvolvimento. Por esse motivo, o ideal é orientar no lugar de brigar ou de fazer tudo por eles. Incentivar e elogiar ajuda bastante a melhorar a autoconfiança e o interesse pelos afazeres.

Como vimos, existem muitas tarefas para crianças que podem ser feitas com respeito ao seu tempo de desenvolvimento e sem prejudicar os seus momentos de descanso, lazer e de atividades escolares. É importante que haja também o aprendizado pelo exemplo, por isso, se a família quer incentivar a colaboração nas crianças, é necessário que os adultos que vivem na casa também contribuam para a sua organização. São hábitos que melhoram a relação da família e beneficiam a todos.

Porém, na prática, sabemos que nem sempre as coisas saem como o desejado. Por isso, veja dicas de como lidar com os filhos desobedientes que vão ajudar a lidar com os problemas de comportamento dos pequenos.