A adaptação escolar nem sempre é fácil, independentemente de falarmos sobre crianças ou adolescentes. A mudança de um colégio para outro ou o início da vida escolar é sempre um momento que requer muita cautela por parte dos pais e educadores dos jovens.

Lidar com o fato de estar em um lugar completamente novo e cercado por pessoas desconhecidas é algo que pode ser traumático se não for feito da maneira correta. Alguns cuidados básicos podem evitar uma série de problemas e fazer com que crianças e adolescentes se adaptem muito mais rápido, de maneira tranquila e eficaz.

Não sabe exatamente como fazer com que a adaptação escolar seja mais natural? Não tem problema! A seguir, falarei sobre o tema de maneira mais aprofundada, apresentando dicas importantes para que você saiba como pode ajudar seus filhos nesse período tão delicado, tornando-o muito mais especial.

Explique cada passo do processo

Novidades podem ser assustadoras, especialmente quando você não as compreende da maneira adequada. Por isso, que tal conversar com seu filho sobre o passo a passo da tomada de decisões?

Mostrar os motivos pelos quais a mudança foi feita é o primeiro passo. Depois, é muito importante torná-lo parte de cada pequena decisão, desde a matrícula até o momento da aula. Esse é, inclusive, um modo muito eficiente de começar a fazer parte da rotina escolar dos seus filhos.

Vale a pena ressaltar que, embora essa estranheza seja muito mais comum entre as crianças, também é importante comunicar os passos e processos aos adolescentes. Não deixar os jovens de fora de todos os procedimentos é algo fundamental na hora da adaptação.

Cumpra as suas promessas

Depois de tornar o seu filho uma parte ativa da tomada de decisões e incluí-lo em todos os processos da nova etapa de sua vida, chegou a hora de cumprir as promessas que foram feitas no início desse momento.

O período de mudanças é marcado por inseguranças e, por isso, você deve ser um porto seguro em meio aos receios do jovem estudante. Por isso, se você se comprometeu a fazer algo, faça.

Isso mostrará que você é realmente alguém com quem seu filho pode contar e o deixará mais seguro. Afinal, sentir que os pais estão presentes é uma das maneiras mais eficazes de trabalhar a autoconfiança de crianças e adolescentes.

Ajuste a rotina desde antes

A adaptação escolar tem tudo a ver com uma rotina realmente bem definida, tanto de estudos quanto em todos os outros sentidos. Por isso, que tal caprichar na preparação desse cronograma e passar a utilizá-lo desde antes do primeiro dia de aula?

Seguir uma rotina fará com que a criança vá se adaptando com antecedência, o que tornará o dia D muito mais natural e menos repleto de ansiedade. Saber exatamente o que esperar fará com que o pequeno se sinta muito mais confiante na hora de enfrentar as novidades.

Além disso, isso deixará o aluno muito mais descansado e produtivo nesse dia tão importante. Com o corpo preparado, fica muito mais fácil aproveitar o momento da maneira adequada!

Leve a criança às compras de material escolar

Outra dica muito bacana para deixar as crianças, especialmente as menores, mais animadas com a nova fase é incluí-las na compra do material escolar. Esse momento costuma ser muito divertido e gera uma antecipação positiva na mente da criançada.

Saber exatamente quais cadernos e lápis serão utilizados no ano escolar faz com que as crianças comecem a ver o novo momento com bons olhos. Antes, é claro, é preciso conversar com eles (quando já conseguirem compreender) sobre limites de valor.

Essa é, além de tudo, uma ótima oportunidade para fazer parte da vida escolar de seu filho de maneira mais ativa e criar vínculos importantes, que precisarão ser cultivados e desenvolvidos ao longo de todo o ano.

Faça uma visita com antecedência à nova escola

Chegar em uma nova escola sem saber a localização dos principais pontos pode ser uma experiência bem desagradável, além de gerar um estresse e ansiedade desnecessários em muitas crianças. Por isso, antecipe esse momento e faça uma visita prévia ao local.

Pergunte ao diretor onde será a sala de aula da criança e faça um pequeno tour, apresentando os lugares mais importantes. Além disso, aproveite o momento para fazer com que o pequeno conheça a direção da escola e, quem sabe, alguns dos futuros professores.

Saber exatamente aonde ir e com quem falar pode fazer com que o aluno se sinta mais seguro no primeiro dia de aula, deixando a sua mente focada em aproveitar os estudos e fazer novas amizades.

Priorize sempre o diálogo

Uma boa conversa é primordial, tanto para estreitar os laços entre os envolvidos como para tornar tudo um pouco mais claro na mente dos jovens. Por isso, combine a firmeza necessária com a demonstração de carinho que é fundamental para esse período.

Demonstre que você estará sempre presente para qualquer coisa e faça as recomendações cabíveis ao primeiro dia de aula. Isso fará com que o jovem se sinta à vontade de procurá-lo caso fique desconfortável com alguma coisa que ocorrer no colégio, além de mais seguro para buscar o auxílio da diretoria nesses casos.

Além disso, é muito importante ouvir quais são os principais temores de seu filho sobre esse primeiro dia e discuti-los abertamente. O diálogo objetivo fará com que vocês se conheçam melhor e com que possíveis problemas sejam resolvidos de maneira muito mais simples, com o apoio dos responsáveis.

Sim, as mudanças podem ser difíceis para crianças e adolescentes, mas a adaptação escolar não precisa ser um problema! Com muita paciência, bastante carinho e bastante inclusão nos processos, é possível fazer com que essa experiência seja muito benéfica.

Gostou deste post? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades que são publicadas em nosso blog! Para isso, é muito fácil: basta preencher seu e-mail no campo correspondente. A partir daí, você já estará apto a receber as mensagens avisando-os das novas publicações. Até a próxima!

Powered by Rock Convert