virtudes e valores

Como ensinar virtudes e valores éticos e morais aos meus filhos?

Ensinar virtudes e valores éticos e morais é repassar aquilo em que acreditamos e que aplicamos no dia a dia, como o respeito ao próximo e a responsabilidade com os bens. São princípios que desde cedo nos ajudam a moldar a personalidade e a construir relações mais saudáveis com as outras pessoas.

As virtudes são características dos seres humanos relacionadas à excelência e à boa conduta, como coragem, integridade e honestidade. Os valores são aquilo que acreditamos ser o correto e por onde medimos as nossas ações. Ética e moral têm a ver, respectivamente, com os princípios coletivos e individuais.

Por exemplo, defender a diversidade cultural é ético, enquanto a honestidade é uma moral. A família é o primeiro grupo do qual a criança faz parte, por isso, desempenha um papel essencial no ensino de virtudes e valores éticos e morais. Para saber mais, continue a leitura deste post!

Qual é o papel dos pais no ensino de virtudes e valores?

A transmissão de boas virtudes e valores é uma preocupação comum de todos que têm filhos. É natural que apareçam várias dúvidas, uma vez que se trata de um assunto longo e muito sério. Apesar de não existirem respostas simples, podemos apontar alguns caminhos que despertam a reflexão sobre o papel dos pais.

Em primeiro lugar, podemos reforçar que a família é o grupo no qual a criança “inaugura” as suas noções de afeto e de responsabilidade para com o outro e consigo mesma. Por isso, é normal que ela repita ações da família ao criar os primeiros laços afetivos fora de casa: essa é a maneira como a criança aprendeu a se relacionar com as pessoas.

Quando há uma preocupação de mostrar a ela, desde cedo, as noções de respeito, honestidade e equilíbrio, a tendência é de que isso seja repetido fora de casa. É uma tarefa difícil e que requer, muitas vezes, ações altruístas, ou seja, dar sem esperar nada em troca. Essa é a essência do ensino de virtudes e valores.

Sem valores humanos, não há como formar cidadãos preparados para viver em sociedade e ter uma postura ética, com uma desenvolvida consciência social. A educação para esse tipo de preocupação é facilitada quando começa desde cedo, por influência principal da família.

Como ensinar virtudes e valores aos filhos?

Como mencionamos, a preocupação com o ensino de virtudes e valores desde cedo tende a facilitar a educação dos filhos em relação a esses aspectos. Para ajudá-lo, trouxemos, a seguir, algumas dicas simples.

Dê o exemplo

Fica muito difícil exigir que uma criança seja respeitosa com as pessoas se ela convive com práticas desrespeitosas em vários momentos da sua vida. Como elas ainda não sabem exatamente o que é certo ou errado, é importante que os pais a orientem ao caminho a ser seguido. Por isso, é fundamental que eles conversem com os filhos e sejam coerentes com aquilo que tanto defendem.

Ofereça apoio constante

Quando os pais se mostram interessados em dar apoio, não só nas horas de emergência, mas no dia a dia, a criança ou o jovem criam laços de confiança e sabem que podem contar com a família em qualquer momento. Diálogos sobre compromissos do dia a dia, desafios e medos criam as condições ideais para que os filhos peçam orientações aos pais quando precisarem.

Ensine desde cedo

Não há uma idade ideal para começar a ensinar virtudes e valores. Como você já viu, quando valores humanos universais são integrados a todas as ações do dia a dia desde a primeira infância, a educação fica mais prática. Contudo, embora seja importante fazer isso desde cedo, nunca é tarde para criar laços afetivos com os filhos e educá-los com mais empatia e humanização.

Demonstre respeito

Entender que os filhos terão experiências e personalidades distintas é um pouco difícil para alguns pais, que os enxergam como uma cópia da sua juventude. Esse mau entendimento pode resultar em conflitos quando os jovens apresentam opiniões e convicções diferentes, o que é, no final das contas, algo normal.

É importante ter respeito e demonstrar isso por meio de ações e diálogos. Isso também ajuda as crianças e os jovens a conquistarem o protagonismo em suas vidas.

Preserve o espaço da criança

Aprender a preservar o próprio espaço permite que, no futuro, as crianças não se deixem levar por relacionamentos abusivos ou por pessoas que queiram tolher a sua liberdade. Isso começa em casa, quando os pais demonstram que as crianças têm o seu espaço. Alguns exemplos úteis são pedir com licença, bater na porta e perguntar sobre a sua disponibilidade.

Demonstre aprovação ou desaprovação

As crianças pequenas ainda não têm uma noção exata de posturas éticas e morais para viver plenamente em sociedade. Por isso, os pais podem demonstrar aprovação e desaprovação com a intenção de mostrar a elas o que pode e não pode ser feito. Quando os filhos jogam lixo na rua, por exemplo, é papel dos pais conversar para mostrar por que isso não pode ser feito e como é simples agir da maneira correta.

Quais são as virtudes e os valores principais?

Quando falamos sobre virtudes, falamos de características humanas que exprimem uma conduta moral respeitável e admirada. São características que não exigem um esforço para resultar em ações, pois nascem espontaneamente, do caráter de cada um. Veja alguns exemplos logo abaixo:

  • honestidade;
  • senso de justiça;
  • responsabilidade;
  • paciência;
  • otimismo.

Quando falamos sobre valores positivos, falamos sobre características que levam as pessoas a tomarem decisões conscientes, que pesem o impacto das consequências para si e para as outras. Elas são importantes aliadas do pensamento crítico. Diferentemente das virtudes, os valores estão mais ligados ao coletivo. Confira alguns exemplos:

  • tolerância;
  • capacidade de ouvir;
  • respeito no trato verbal;
  • altruísmo;
  • empatia.

Como vimos, ensinar virtudes e valores é, sobretudo, um papel do ambiente familiar. Para que isso ocorra da maneira mais natural possível, é importante prezar pelo respeito ao espaço do seu filho e dar o exemplo. Sem esses cuidados, a educação se torna algo rigoroso e de difícil assimilação para crianças e jovens.

O papel dos pais na educação das crianças é fundamental para um crescimento saudável. Se você quiser se aprofundar nesse assunto, agora, confira o nosso post sobre a importância dos valores morais na educação dos filhos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.